Kazim descarta sair do Corinthians: 'Meu tempo vai chegar de novo'

Do UOL, em São Paulo

O Corinthians entrou em campo com um time misto na partida deste domingo (11), fora de casa, contra o Botafogo-SP. Mesmo assim, o turco Kazim começou no banco e só entrou nos minutos finais do segundo tempo no lugar de Emerson Sheik. Após a vitória por 2 a 0, o atacante falou sobre sua atual situação no clube, mas fez questão de dizer que não pensa em deixar a equipe.

"Futebol é futebol. Agora, vou fazer minha parte, entende? Não penso de outro jeito. Eu sou jogador do Corinthians, fico muito orgulhoso de jogar aqui, usar essa camisa. Fui suspenso na Libertadores, mas assim é o futebol. Não procuro outra coisa. Se chegar e o Corinthians falar... Ok, tá bom. Eu não penso nisso. Meu tempo vai chegar de novo. Estou no melhor clube da América", disse.

No começo da temporada, o técnico Fábio Carille tentou fazer de Kazim o centroavante no time titular, mas o turco aos poucos foi perdendo espaço e deixou de ser aproveitado. Ao todo, são apenas seis jogos e um gol marcado em 2018.

Ele, inclusive, não foi inscrito na fase de grupos da Libertadores já que cumpre suspensão de cinco partidas por incidentes no empate sem gols com o Racing, dia 20 de setembro, pela Copa Sul-Americana.

Kazim deve estar nas tribunas da Arena Corinthians na próxima quarta-feira quando a equipe alvinegra recebe o Deportivo Lara pela fase de grupos da Libertadores.

"Eu me senti muito bem, é muito importante para nós ganhar esse jogo (contra o Botafogo-SP). Eu fico bem porque faço minha parte. É muito difícil não jogar, qualquer jogador no mundo não gosta de não jogar. Eu também, é normal. Eu sabia do problema da suspensão na Libertadores, mas agora só posso fazer minha parte, no jogo ou no treino", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos