Com reservas, Santos perde do São Bento na Vila, mas avança como líder

Do UOL, em Santos (SP)

Com os titulares poupados para o jogo de quinta-feira (15), pela Libertadores, o Santos foi a campo no fim da tarde deste domingo (11) com um time totalmente reserva e repleto de meninos da Vila. Faltou entrosamento, e o São Bento soube aproveitar este fator para vencer a partida desta última rodada classificatória do Campeonato Paulista por 3 a 1. Marcelo Cordeiro (pênalti), Lúcio Flávio e Fábio Bahia marcaram para o time do interior, enquanto Arthur Gomes (pênalti) fez o único gol santista.

Mas apesar da derrota, o Santos consegue avançar às quartas de final na liderança do grupo D, com 19 pontos – contra 16 do Botafogo-SP, que poderia alcançar a ponta, mas também acabou derrotado, pelo Corinthians. Com a primeira colocação da chave, o Santos terá a vantagem de jogar a segunda partida das quartas de final, contra o Botafogo-SP, como mandante.

O time de Jair Ventura agora deixa de lado o Campeonato Paulista e passa a se concentrar exclusivamente na Copa Libertadores da América, competição pela qual entra em campo na próxima quinta-feira (15): encara o Nacional-URU no estádio do Pacaembu, às 19h15, pela segunda rodada da fase de grupos.

O MELHOR: EVERALDO

Bastante veloz pelas pontas, Everaldo conseguiu por diversas vezes desmontar a (por vezes) confusa defesa santista. Ainda sofreu o pênalti que originou o primeiro gol da partida.

O PIOR: LUIZ FELIPE

Falhou feio no segundo gol do São Bento ao não acompanhar Lúcio Flávio. Ainda errou alguns passes e foi o único do Santos a levar amarelo.

PÊNALTI LÁ, PÊNALTI CÁ

O fim do primeiro tempo foi marcado por dois pênaltis discutíveis. Em ambos, a malandragem dos atacantes ajudou, de certa forma, na marcação das penalidades. No primeiro, Everaldo passou por Robson Bambu e deixou o pé para ser atingido pelo santista. No segundo, Arthur Gomes girou para cima de Lucas Farias e caiu dentro da área. Marcelo Cordeiro fez o gol do São Bento, enquanto o próprio Arthur marcou para o Santos e chegou ao terceiro gol na temporada.

FALTOU ENTROSAMENTO AOS MENINOS DA VILA

FLAVIO HOPP/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDO
Poupando os titulares, o técnico Jair Ventura mandou a campo uma equipe formada por sete jogadores formados na base do Santos: Vladimir, Robson Bambu, Gustavo Henrique, Guilherme Nunes, Arthur Gomes, Diogo Vitor e Yuri Alberto. Faltou, porém, um pouco de entrosamento dos meninos da Vila, que encontraram dificuldades para criar e em alguns momentos até foram surpreendidos pela boa organização do São Bento, especialmente no primeiro tempo.

A PRIMEIRA VEZ A GENTE NUNCA ESQUECE

Dois meninos da Vila fizeram neste domingo seus primeiros jogos como titular no time profissional do Santos: o volante Guilherme Nunes e o atacante Diogo Vitor. Enquanto o primeiro teve atuação discreta na Vila Belmiro, a jovem promessa apareceu bem e teve bons momentos na partida - como um chute de fora da área bem defendido pelo goleiro rival. Mostrou habilidade e qualidade técnica, porém foi individualista em algumas oportunidades e ainda acabou escorregando no lance que originou o terceiro gol do São Bento.

SÃO BENTO APROVEITA FALHA FEIA DA ZAGA

Bem organizado, o São Bento soube explorar algumas falhas da defesa do Santos ao longo da partida. E em uma delas, conseguiu o gol da vitória, já aos 33min do segundo tempo. Após cruzamento pela direita, Luiz Felipe 'dormiu' e a bola encontrou Lúcio Flávio, que de primeira mandou para as redes.

DIOGO VITOR ESCORREGA E SÃO BENTO 'MATA' O JOGO

Com um escanteio a seu favor no último minuto, o Santos foi com todo mundo para a área do São Bento buscar o empate - até com o goleiro Vladimir. Após rebote, Diogo Vitor tentou driblar e escorregou, dando um contra-ataque mortal ao São Bento que, com três contra um, 'matou' a partida com Fábio Bahia.

SANTOS 1 x 3 SÃO BENTO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 11/03/2018 (domingo)
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistentes: Herman Brumel Vani e Alberto Poletto Masseira
Público e renda: 3.816 / R$ 104.250,00
Cartões amarelos: Luiz Felipe (Santos); Lucas Farias (São Bento)
Gols: Marcelo Cordeiro, aos 43min, Arthur Gomes, aos 45min do primeiro tempo; Lúcio Flávio, aos 33min, e Fábio Bahia, 48min do segundo tempo

SANTOS
Vladimir, Robson Bambu (Victor Yan), Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Dodô; Guilherme Nunes (Gabriel Calabres), Renato e Vitor Bueno (Copete); Diogo Vitor, Arthur Gomes e Yuri Alberto. 
Técnico: Jair Ventura

SÃO BENTO
Rodrigo Viana, Lucas Farias, Luizão, João Paulo (Douglas Assis) e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Diego Felipe e Cássio (Maicon Souza); Marquinho (Léo Itaperuna), Everaldo, e Lúcio Flávio.
Técnico: Paulo Roberto Santos

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos