Felipe Melo "se arrepende" de pedir substituição e nega vaga assegurada

Do UOL, em São Paulo

Apesar de não participar dos lances dos gols, o volante Felipe Melo se destacou na vitória palmeirense por 3 a 0 sobre o Novorizontino neste sábado (17). Mas não foi só na marcação: o camisa 30 chamou a atenção por ter pedido para sair e depois mudado de ideia, deixando o técnico Roger Machado contrariado.

Tudo aconteceu no início do segundo tempo. Felipe Melo caiu alegando dores e pediu ao árbitro a presença do médico do Palmeiras. Enquanto esperava o atendimento, o volante fez sinal de substituição. Então Roger Machado mandou Moisés aquecer e começou a lhe dar instruções, mas Felipe Melo mudou de ideia em seguida e resolveu voltar à partida. O desentendimento deixou o treinador de cara fechada, mas Roger explicou a situação numa boa em sua entrevista coletiva.

"Eu entendi que ele tinha feito gesto de troca, por isso chamei o Moisés. Mas acho que se ele chocou, ficou um pouco tonto, mas nada de mais. Por isso o Moisés já estava pronto, apto", afirmou o treinador alviverde.

Na bola, Felipe Melo foi bastante seguro e um dos responsáveis por não deixar o Novorizontino criar pelo meio. O Palmeiras abriu três gols de vantagem nas quartas de final do Campeonato Paulista e encaminhou a classificação, mas Felipe Melo nega que a vaga já esteja assegurada.

"Classificados não, óbvio que não. Faltaria o respeito se eu falasse isso, mas é uma vantagem boa e o respeito com eles [Novorizontino] é entrar em campo com seriedade. Temos uma boa vantagem, mas ainda não acabou", alerta o meio-campista.

O Palmeiras pode perder por até dois gols de diferença na quarta-feira (21), em casa, que estará classificado às semifinais. Caso o Novorizontino devolva os três gols, a disputa vai aos pênaltis (não há critério de gols fora de casa).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos