Jair se defende sobre tática e destaca que Santos estava cansado

Do UOL, em São Paulo

Após o Santos empatar por 0 a 0 com o Botafogo-SP, o técnico Jair Ventura foi criticado por ter adotado uma tática cautelosa e defensiva. Os santistas Gabigol e Vitor Bueno revelaram que ele pediu isso no vestiário. O técnico se defendeu e destacou o desgaste do time.

Primeiro Jair admitiu que o Santos realmente não conseguiu controlar a partida: "não teve tática morosa. Tivemos as chances mais claras, mas realmente não impusemos nosso melhor jogo".

Depois o técnico explicou, lembrando do jogo contra o Nacional-URU, na última quinta-feira (15): "jogamos com um a menos na Libertadores, desgastado, contra um time multicampeão. Vencemos a a partida e, com um a menos, fizemos dois gols. O desgaste é grande. Mas não foi suficiente para perdermos. Agora vamos jogar com a força da nossa torcida", lembrou ele.

O Santos errou muito por apostar em lançamentos e chutões durante o jogo, mas Jair explicou que não foi isso que pediu: "o Botafogo-SP fecha muito o corredor central e pedimos para buscar o outro lado do campo. A estratégia não era bola no alto, pois a zaga do Botafogo-SP tem boa estatura. Tivemos alguns erros técnicos, mas criamos".

A partida de volta, entre Santos e Botafogo-SP, acontecerá na Vila Belmiro, na quarta-feira, às 19h30. Quem vencer se classificará. Se houver empate, por qualquer quantidade de gols, a decisão será nos pênaltis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos