Jovens ganham espaço e viram protagonistas no duelo São Paulo x Corinthians

Diego Salgado e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Ale Cabral/AGIF e Rodrigo Gazzanel/Ag.Corinthians

    Revelados na base, Militão e Maycon são titulares de São Paulo e Corinthians

    Revelados na base, Militão e Maycon são titulares de São Paulo e Corinthians

Eles foram colocados à prova nos últimos jogos de São Paulo e Corinthians. E não decepcionaram. Neste domingo, no clássico entre os times, os jovens atuarão novamente sob olhares atentos.

Pelo time tricolor, o quarteto Militão, Liziero, Caíque e Lucas Fernandes podem marcar presença no duelo válido pela partida de ida da semifinal do Campeonato Paulista. No Corinthians, o grupo atende pelos nomes de Mantuan, Pedro Henrique, Maycon e Pedrinho, que deve ficar como opção no banco de reservas - Mateus Vital, revelado pelo Vasco e contratado pelo clube alvinegro no começo deste ano.

Com a chegada de Diego Aguirre, o São Paulo manteve a aposta nos jovens revelados nas categorias de base, assim como Fábio Carille tem feito desde que assumiu o comando técnico do Corinthians no ano passado - o time alvinegro conquistou os títulos paulista e brasileiro com dois jovens da base entre os titulares (Guilherme Arana e Maycon), além da participação de outros atletas oriundos do terrão, como Pedro Henrique e Pedrinho.

Apesar de não ser considerado titular no início deste ano, o meia são-paulino Lucas Fernandes, 20 anos, é uma das principais esperanças do time tricolor. O meio-campista sempre foi considerado um talento e ganhou oportunidades com Edgardo Bauza, Rogério Ceni e Dorival Júnior. No entanto, por conta de lesões, faltou uma sequência para o atleta emplacar.

No jogo contra o São Caetano, pelas quartas de final do Paulista, Lucas Fernandes entrou no início do segundo tempo no lugar de Valdívia, que sofreu lesão. Em campo, o jogador deu conta do recado e foi um dos responsáveis pela vitória por 2 a 0, que garantiu o Tricolor na disputa por uma vaga na final. Como Valdívia não se recuperou, é esperado que Lucas Fernandes será novamente titular.

Ale Cabral/AGIF
Lucas Fernandes brilhou nas quartas

No Corinthians, Maycon também foi decisivo na vitória sobre o Bragantino. O volante de 20 anos decidiu a partida ao acertar um chute forte no fim do primeiro tempo e, assim, marcar o segundo gol do time de Carille em Itaquera. Na mesma partida, Matheus Vital, também aos 20 anos, confirmou a rápida adaptação ao time de Carille ao brilhar como titular e ganhou elogios do comandante.

"É motivo de muito orgulho, ainda mais falando de Mateus Vital, que já está entendendo o que é Corinthians. Ele foi contratado pela sua qualidade. Quando surgiu o nome dele não tive dúvidas de pedir. Me deixa feliz esse comprometimento". explicou Carille.

Legião de jovens

No triunfo sofrido sobre o São Caetano, Liziero, de 20 anos, atuou como titular ao entrar no lugar do experiente Petros na equipe. A atuação do volante rendeu elogios dos companheiros de equipe.

"Foi uma escolha do Aguirre, quem entra tem de dar o melhor, independentemente de ser o Petros ou Liziero. Coloquei na minha cabeça que iria fazer o máximo e ajudei. Conversei com os companheiros depois que soube que seria titular para tentar manter a calma. Falei com o Petros, que me deu tranquilidade e disse que tudo daria certo. Errei alguns lances por ansiedade, mas o mais importante é que ajudei a equipe a conquistar a vitória. Vou trabalhar para me manter no profissional", disse Liziero. 

O mesmo aconteceu com o lateral direito Mantuan, que tem a mesma idade. O atleta corintiano foi titular pela segunda vez e deu conta do recado ao substituir Fagner, que serve a seleção brasileira.

Na mesma posição, Militão conta com mais experiência, embora também tenha 20 anos. Promovido na última temporada, ele chegou como volante ao profissional, mas aos poucos se firmou na lateral. Polivalente, Militão é peça importante da equipe de Aguirre e já despertou interesse do mercado internacional, entrando na mira do Porto.

Thiago Calil/Agif
Pedro Henrique volta à titularidade no Corinthians na vaga do paraguaio Balbuena

O Corinthians também conta com um jovem experiente. Trata-se do zagueiro Pedro Henrique, de 22 anos, uma espécie de 12º jogador do time. No ano passado, ele substituiu os zagueiros titulares em muitos jogos. Neste ano, manteve a posição e volta ao time titular por causa da convocação do paraguaio Balbuena.

O São Paulo ainda conta com o atacante Caíque, que vem ganhando espaço nos últimos jogos. O jogador de 19 anos foi promovido ao profissional em janeiro e substituiu Marcos Guilherme no segundo tempo da partida contra o São Caetano.

No Corinthians, o reserva Pedrinho virou sinônimo de esperança justamente durante as etapas finais dos jogos. Foi do jogador de 20 anos o gol que recolocou o time alvinegro na briga por uma vaga na semifinal após acertar um chute de fora da área na derrota por 3 a 2 para o Bragantino na partida de ida das quartas.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO x CORINTHIANS

Data: 25 de março de 2018, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Competição: Campeonato Paulista (ida da semifinal)
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Vitor Carmona Metestaine

SÃO PAULO: Jean, Militão, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Liziero, Jucilei e Nenê; Lucas Fernandes, Tréllez e Marcos Guilherme. Técnico: Diego Aguirre

CORINTHIANS: Cássio; Mantuan, Pedro Henrique, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Mateus Vital, Rodriguinho e Clayson; Júnior Dutra (Emerson Sheik). Técnico: Fábio Carille

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos