Corinthians usa gafes com Carille e venda de ingressos para provocar rival

Diego Salgado e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

A polêmica envolvendo Fábio Carille e Diego Aguirre na primeira semifinal do Campeonato Paulista virou provocação alvinegra com a classificação à final do Paulistão. Após o Corinthians eliminar o São Paulo nos pênaltis, nesta quarta-feira, os telões da Arena Corinthians exibiram uma hashtag em alusão ao entrevero entre treinadores: #RespeitaOProfessor.

reprodução/Instagram

Depois da partida do último domingo, no Morumbi, o técnico do Corinthians reclamou que não foi cumprimentado por Aguirre antes do apito inicial e chamou o uruguaio de "cara de pau". O treinador do São Paulo confirmou o episódio, mas alegou que estava concentrado no clássico e não o reconheceu.

Antes da partida desta noite, em Itaquera, Carille visitou o vestiário do São Paulo e entregou presentes a Aguirre, que retribuiu a gentileza.

No Twitter, mais provocação. Em seu perfil nas redes sociais, o Corinthians usou a gafe da Total Acesso, empresa que comercializa ingressos de jogos do São Paulo na internet e equivocadamente "antecipou" a comercialização de entradas para a partida de ida da final do Paulistão, contra o Palmeiras, no próximo sábado (confira abaixo a postagem).

"Eles puseram ingresso da final para vender. Deve ser a do ano que vem", cutucou Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, em entrevista ao canal SporTV.

Pelo lado do São Paulo, o UOL Esporte apurou que a diretoria tricolor determinou que, qualquer fosse o resultado em Itaquera, os perfis dos clubes nas redes sociais não seriam usados como canal para provocações ao rival.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos