Lugano foi contra presença de Carille em vestiário; Raí esteve no encontro

Diego Salgado e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Ale Cabral/AGIF

    Lugano ao lado de Aguirre: dirigente foi contra o encontro com Carille antes da semifinal

    Lugano ao lado de Aguirre: dirigente foi contra o encontro com Carille antes da semifinal

O superintendente de relações institucionais do São Paulo, Diego Lugano, colocou-se contra a recepção ao técnico Fábio Carille no vestiário do time tricolor minutos antes do clássico com o Corinthians válido pela semifinal do Estadual. A informação foi divulgada pelo GloboEsporte.com e confirmada pelo UOL Esporte.

Carille, dessa forma, foi recebido pelo técnico Diego Aguirre e também pelo diretor de futebol Raí. O treinador corintiano entregou aos são-paulinos um kit com produtos do Corinthians, além da escalação do time alvinegro. A atitude chegou a ser elogiada pelo comandante tricolor.

"Tudo tranquilo, teve a cortesia que eu aceitei. Eu não estava pensando nisso em nenhum momento, é um assunto encerrado, não tenho nada para falar, eu sei que ele [Carille] é boa pessoa e acabou", disse Aguirre ao fim da partida que acabou marcada pela classificação corintiana nos pênaltis.

O treinador corintiano também recebeu um kit de presente dos adversários. Nele, havia uma camisa do São Paulo, um livro, uma caneta, um chaveiro e uma caneca do clube do Morumbi. Além disso, Carille teve conhecimento sobre a equipe titular do São Paulo durante o encontro.

Após o primeiro jogo, o treinador alvinegro fez críticas a Aguirre porque o treinador uruguaio não o cumprimentou em campo. Na coletiva de imprensa, o corintiano disse que iria ao vestiário são-paulino antes da partida de volta em Itaquera.

"Ele passou na minha frente e não me cumprimentou. Isso me deixou muito chateado. Ele teve a cara de pau de falar que não me conheceu. Ele vai saber o tratamento que ele vai ter Arena", disse Carille no último domingo.

O técnico do Corinthians deu início a esse ritual justamente num clássico com o São Paulo, em janeiro deste ano, no Pacaembu. Naquela ocasião, o treinador tricolor era Dorival Júnior, que dias depois elogiou o corintiano publicamente pela atitude.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos