Após pressão do MP, treino aberto do Corinthians muda para a noite de sexta

Dassler Marques e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Alexandre Schneider/Getty Images

Depois de muita pressão por parte da Polícia Militar e do Ministério Público, o Corinthians voltou atrás sobre o treino aberto a seus torcedores. Inicialmente marcada para sábado, a atividade será agora realizada às 20h desta sexta-feira (6). A informação foi publicada pelo site "Meu Timão" e confirmada pelo UOL Esporte.

"Pensamos nos nossos torcedores e na cidade de São Paulo, pois o Ministério Público ia entrar na Justiça. E aí não poderíamos fazer treino aberto", justificou o presidente corintiano Andrés Sanchez.

O clube divulgou uma nota com orientações aos torcedores e explicações, já que na quarta-feira mais de 40 mil corintianos trocaram alimentos por ingressos para o treino. Segundo a mensagem oficial, "aqueles que se sentirem prejudicados deverão procurar o clube para reaver os donativos trocados pelo ingresso". 

Desde o início da semana, o Ministério Público pressiona, por parte do promotor Paulo Castilho, para que corintianos e palmeirenses não tivessem treinos abertos à torcida no sábado. Castilho, amparado pela recusa da PM em prover segurança para os dois treinos, preparou uma ação para impedir que a atividade fosse realizada, como explicou Andrés. 

Em entrevista, o presidente do Corinthians chegou a dizer que o clube já havia cedido demais para as autoridades e a Federação Paulista e não abriria mão da atividade. O departamento jurídico corintiano, porém, recomendou uma nova posição. 

A mudança de posição por parte do Corinthians ainda permite que o Palmeiras siga sua programação original e também treine para os torcedores no Allianz Parque, sábado pela manhã. Dessa forma, será menor o risco de encontro de corintianos e palmeirenses em São Paulo, sobretudo no metrô que liga justamente os estádios dos dois clubes. 

Confira a nota oficial emitida pelo Corinthians:

O Sport Club Corinthians vem a público informar a mudança do horário do treino aberto que originalmente seria realizado no sábado (07), às 10h da manhã para sexta-feira (06), às 20h na Arena Corinthians.

A iniciativa da torcida e da direção do clube visa preservar o bem estar de todos os paulistanos, a paz social e evitar medidas judiciais contra a agremiação. Aqueles que se sentirem prejudicados deverão procurar o clube para reaver os donativos trocados pelo ingresso.

Hoje, mais uma vez, reiteramos o significado de ser corinthiano, um torcedor que cresce na adversidade.  Aqui é sempre preciso aquele esforço a mais. Aqui, quando tudo parece perdido, a gente encontra o caminho.

E nesse caso o caminho é o de nossa casa, a Arena Corinthians, onde nos encontraremos para dar apoio ao Timão e onde fogos celebrarão o orgulho de sermos o que somos, corinthianos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos