Topo

Futebol


Herói, Cássio ainda considera Ronaldo o maior goleiro do Corinthians

Danilo Lavieri e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

2018-04-08T19:48:45

08/04/2018 19h48

A estrela de Cássio brilhou para o Corinthians conquistar o bicampeonato paulista. Neste domingo, em pleno Allianz Parque, o goleiro defendeu os pênaltis de Dudu e Lucas Lima e foi fundamental para os alvinegros derrotarem o Palmeiras por 1 a 0, no tempo normal, e por 4 a 3, na decisão por pênaltis. Apesar de somar mais um título no currículo, o arqueiro não se considera o mais importante na história do clube. 

"Sou muito pé no chão, tenho de agradecer aos companheiros, ao meu preparador. É muito difícil ficar comparando. Na história do Corinthians, o Ronaldo é o que mais jogou, na minha opinião é o maior. Só vou me dar conta quando parar. Hoje eu não tenho muita noção, porque a gente não tem muito contato com a torcida assim. Que bom que o Corinthians está bem servido de goleiros, pegando a história", disse Cássio.

Para ter tal rendimento, o goleiro estudou bastante os adversários. Vale se lembrar também de que essa não é a primeira decisão por pênaltis em que Cássio se destaca neste Paulista. Ele também defendeu os pênaltis de Diego Souza e Liziero, na semifinal do estadual, contra o São Paulo.

"Sobre pênaltis, tem um pouco de feeling e um pouco de estudo. Vi os pênaltis deles contra o Santos, vi o do Dudu contra o Novorizontino. Do Lucas Lima, vi quando ele jogava pelo Santos na final contra o Palmeiras na Vila Belmiro. Tenho de agradecer o Cifut também, que nos deixa preparados, e também ao meu preparador, o Mauri", afirmou.

"Na minha opinião o maior pegador de pênaltis foi o Dida, e às vezes ele não pegava. É muito relativo. Que bom que o meu pênalti foi o primeiro e eu possa estar contribuindo com minha equipe. deu mais tranquilidade para quem veio em seguida", explicou Cássio.

Mais Futebol