Topo

Paulista - 2019


Borja recebe visita de técnico da Colômbia e é elogiado por Felipão

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

2019-02-11T23:04:46

11/02/2019 23h04

Miguel Borja foi assistido de perto por Carlos Queiroz, técnico da Colômbia. O português foi ao Estádio do Pacaembu nesta segunda-feira (11) para acompanhar ao jogo entre Palmeiras e Bragantino e viu o atacante sofrer um pênalti e perder pelo menos dois gols claros.

Em entrevista coletiva, Felipão elogiou o desempenho do colombiano, apesar dos gols perdidos, e disse que o atacante fez tudo o que lhe é pedido nos treinamentos. 

"Gostei da apresentação, da consistência, do trabalho que ele fez. O segundo gol foi uma jogada dele, que ele sai do meio para a esquerda e faz a jogada. Uma ou outra bola, o Borja não concluiu corretamente. Mas durante o jogo ele se portou muito bem e vai trabalhar dentro daquilo que pretendemos. Com a colocação que a gente tenta dar a ele para ter uma boa performance", analisou.

Depois dos 90 minutos, Queiroz foi ao vestiário para conversar com Luiz Felipe Scolari. Ele deve continuar no Brasil para acompanhar outros colombianos que estão no país, como o meia-atacante Yimmi Chará, do Atlético-MG.

"A conversa com o Queiróz foi boa. E eu queria que ele fosse bem recebido por um técnico amigo meu, o Levir, que tem o colombiano Chará por lá. Conversamos também dos colombianos da China, sobre o Mina... A conversa do Carlos é para que a gente tenha noção exata de como é o Borja no dia a dia. A gente passou tudo. Acho que o Borja mostrou que é bom jogador, que às vezes pode errar gol. Eu não acredito que exista centroavante que não erra. A atitude do Borja foi muito melhor hoje do que qualquer outra semana", completou.

Nesta segunda-feira, a diretoria do Palmeiras foi informada pelo empresário do atacante que um clube chinês tem interesse na contratação dele. Ainda não houve, no entanto, uma proposta oficial. O Alviverde está disposto a negociar se o valor for considerado atraente e não entrará em briga como fez com Bruno Henrique e Dudu.

Na saída dos vestiários após a vitória, Borja preferiu não dar entrevistas. Seu contrato com o time paulista vai até 2021 e sua contratação custou cerca de R$ 35 milhões.