UOL Esporte Campeonato Pernambucano
 
25/04/2010 - 17h58

Sport faz 3 a 0 no Central na 1ª semi; Santa Cruz e Náutico empatam

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Dono da melhor campanha da primeira fase, o Sport comprovou o favoritismo contra o Central, venceu o primeiro jogo da semifinal por 3 a 0, em plena Caruaru, e ficou bem próximo da decisão do Campeonato Pernambucano. Na outra partida, Santa Cruz e Náutico empataram sem gols o “Clássico das Emoções”, no estádio do Arruda.

JOGOS DE VOLTA DAS SEMIFINAIS

Sport x CentralIlha do RetiroQuarta / 20h00
Náutico x Santa CruzAflitosQuarta / 21h50

Com isso, a equipe treinada por Givanildo Oliveira pode perder, por exemplo, por 2 a 0 no segundo confronto, na Ilha do Retiro, na próxima quarta-feira --se o Central fizer 3 a 0, a disputa será decidida nas penalidades. No mesmo dia, quem vencer no clássico conquista a vaga. O Santa Cruz, por outro lado, pode empatar por um ou mais gols para se classificar. Um novo 0 a 0 leva a disputa para os pênaltis.

Teoricamente, o Sport era encarado como favorito diante do Central, mesmo jogando fora de casa. O time da Ilha do Retiro contabilizou 51 pontos na fase de classificação, 17 a mais que o Central. Além disso, havia vencido os dois confrontos diretos.

E os visitantes comprovaram esse melhor momento. No começo, o problema era a finalização. Aos 5min, Eduardo Ramos recebeu na entrada da área, mas chutou fraco e facilitou a defesa de Isaías. A insistência do Sport deu certo. Aos 36min, Júlio César aproveitou bela jogada do próprio Eduardo Ramos e fez 1 a 0. O Sport manteve a mesma postura. Dava poucos espaços para os donos da casa e ainda levavam perigo.

O SPORT NO TWITTER

Não bastasse isso, o Central ficou com dez em campo --Paiva foi expulso, aos 34min. O Sport aproveitou esse detalhe para praticamente selar sua vaga. Aos 37min, Ciro não perdoou erro de Fernando Pires e ampliou. Três minutos mais tarde, Eduardo Ramos, um dos melhores jogadores em campo, selou a tranquila vitória do Sport. “Fizemos uma bela partida e abrimos uma excelente vantagem. Mas a classificação ainda não está assegurada”, disse o goleiro Magrão.

“Clássico das Emoções” fica no zero
O que se viu no primeiro tempo do “Clássico das Emoções” foi muito equilíbrio. Isso não significou que não ocorreram algumas oportunidades. Aos 11min, por exemplo, Vinícius cabeceou com perigo e viu a bola raspar a trave do gol defendido por Tutti, do Santa Cruz.

O NÁUTICO NO TWITTER

O Náutico teve outra boa chance. Aos 21min, Bruno Meneghel perdeu um gol na cara do goleiro Tutti. Do lado do Santa Cruz, o atacante Brasão quase abriu o marcador, aos 40min. “Estamos encontrando dificuldades para chegar ao ataque. Mas vamos melhorar no segundo tempo”, comentou Jackson, do Santa Cruz.

A ideia do Náutico era melhorar sua vantagem para o segundo jogo. Por isso, voltou ofensivo. Carlinhos Bala e Geílson criaram boas chances. O Santa Cruz também atacou bastante nos 45 minutos finais.

Brasão, Elvis, Joélson e Tiago Laranjeira perderam um gol cada. Com isso, a decisão da vaga fica para o duelo nos Aflitos.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host