Com polêmica de árbitro de vídeo, Sport vence e Luxa volta a ser campeão

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Sport

    Sport é campeão pernambucano após vencer o Salgueiro

    Sport é campeão pernambucano após vencer o Salgueiro

O Sport contou com um belo gol de Éverton Felipe e com a tecnologia do árbitro de vídeo, que anulou um gol polêmico do Salgueiro, para voltar a ser campeão pernambucano nesta quarta-feira (28). O time rubro-negro venceu por 1 a 0 fora de casa, após empate por 1 a 1 no jogo de ida na Ilha do Retiro, e comemorou o título que não vinha desde 2014.

É a 41ª taça do Pernambucano da história do Sport. Já o Salgueiro, que nunca foi campeão estadual, ficou com seu segundo vice em três anos. Em 2015, o time perdeu a final para o Santa Cruz.

A conquista é também relevante para o técnico Vanderlei Luxemburgo, que só comandou o time na finalíssima e voltou a erguer uma taça após seis anos de seca. O último título do treinador havia sido o Campeonato Carioca de 2011, pelo Flamengo.

Árbitro de vídeo anula gol com polêmica

A tecnologia entrou em ação aos 25 minutos do segundo tempo para anular um gol do Salgueiro. Após batida de escanteio, o árbitro de vídeo, Péricles Bassols, e o de campo, Wilton Pereira Sampaio, consideraram que a bola fez a curva por fora e saiu de campo antes de chegar à área. O ângulo das câmeras consultadas, porém, deixou dúvida se o lance foi realmente anulado corretamente. O longo tempo que a equipe de arbitragem levou para tomar a decisão também chamou a atenção: foram cinco minutos com o jogo paralisado.

Em campo ruim, final tem pouca qualidade

Nenhuma das equipes conseguiu se impor sobre a outra tecnicamente, apesar de o Sport ter criado as chances mais claras. O gramado ruim do Salgueirão atrapalhou o andamento do jogo e fez a final ser mais disputada do que jogada.

Diego Souza é discreto, mas dá assistência

Após agitar o mercado da bola na última semana com o interesse do Palmeiras, Diego Souza fez uma final sem brilho até os 36 do segundo tempo. Jogou próximo de André no comando de ataque e tentou atuar como pivô, mas preparou poucas jogadas de perigo e também não teve chances claras de finalizar. No lance decisivo, porém, apareceu bem: ajeitou com categoria com o peito para um lindo chute de Éverton Felipe de fora da área, que estufou as redes do Salgueiro.

Jogadores do Salgueiro brigam entre si

O volante Rodolfo Potiguar e o atacante Jean Carlos, ambos do Salgueiro, se desentenderam durante o primeiro tempo, discutiram feio, com direito até a uma cabeçada do primeiro no segundo. Os jogadores do Sport reclamaram com o juiz, que deu cartão amarelo para a dupla.

FICHA TÉCNICA

Salgueiro 0 x 1 Sport

Local: Estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro (PE)
Data: 28/06/2017
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)

Gol: Éverton Felipe, aos 36 minutos do 2º tempo
Cartões amarelos: Rodolfo Potiguar, Jean Carlos e Daniel Nazaré (Salgueiro); Durval, Lenis, Fábio e André (Sport)

Salgueiro: Mondragón; Marcos Tamandaré, Ranieri, Luís Eduardo e Daniel Nazaré; Rodolfo Potiguar e Moreilândia; Jean Carlos (Dadá), Toty e Willian Lira; Álvaro. Técnico: Evandro Guimarães

Sport: Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Raul Prata (Evandro); Rithely e Rodrigo (Thallyson); Lenis (Leandro Pereira), Diego Souza e Éverton Felipe; André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

UOL Cursos Online

Todos os cursos