UOL Esporte Campeonato Português
 
20/12/2009 - 20h29

Benfica vence clássico contra o Porto e empata na liderança do Português

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Cerca de 65 mil pessoas compareceram de baixo de muita chuva, ao estádio da Luz, em Lisboa para a acompanhar o clássico português entre Benfica e Porto. A torcida do time da casa não saiu decepcionada e viu a equipe da capital portuguesa bater o maior rival por 1 a 0. O único gol da partida foi marcado pelo argentino Saviola, aos 21min do primeiro tempo.

Com este resultado, o Benfica chegou aos 33 pontos, se igualando ao líder Braga, que permanece na liderança, pois leva vantagem no confronto direto contra o time da capital. Já o Porto permanece na terceira colocação e viu os dois primeiros colocados abrirem quatro pontos de vantagem.

Com o gramado pesado por causa da chuva, o jogo começou com o Porto dominando nos cinco minutos iniciais, nem parecia que a equipe estava atuando na casa do adversário, que estava acuado. Depois disso, o Benfica e dominou a primeira etapa, sem dar chance aos visitantes que ficaram quase 40 minutos sem chutar uma bola no gol.

Apesar de bastante movimentado o jogo foi bastante truncado em seu primeiro tempo, ao todo as duas equipes fizeram 24 faltas, 12 para cada lado. Além disso, os jogadores estavam bastante nervosos, o clima esquentou em algumas divididas e muitas discussões entre os atletas aconteciam dentro de campo.

Superior em campo, o Benfica abriu o placar aos 21min. Cardozo recebeu na entrada da pequena área e livre de marcação chutou para o gol, o zagueiro do porto tirou em cima da linha. A bola sobrou quase no círculo central e o jogador do Benfica tentando afastar, acabou achando Saviola sozinho dentro da área, o argentino só teve o trabalho de tocar na saída do goleiro brasileiro Hélton.

Na volta do intervalo o técnico do Porto, Jesualdo Ferreira, alterou o esquema tático da equipe, deixou o time mais ofensivo, atuando no 4-3-3, com a entrada de Silvestre Varela, no lugar de Guaín.

Com essa modificação a equipe visitante ficou melhor na partida e sufocou o Benfica no início da segunda etapa. O time da casa ficou mais recuado e abusando bastante dos contra-ataques. Aos 19min o Porto quase empatou o a partida em um chute de fora da área, a bola desviou no zagueiro brasileiro Luisão e saiu raspando a trave esquerda do goleiro Quin, que só ficou na torcida.

Após esse susto o Benfica se recuperou no jogo, passou a atacar e ocupar mais o campo ofensivo. Controlando a posse de bola, o time da casa só esperou o apito final do juiz para comemorar a vitória, mas quase ampliou o marcador aos 48min, quando Cardozo chutou forte, de dentro da área e obrigou Hélton a fazer excelente defesa.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host