UOL Esporte Campeonato Português
 
30/01/2010 - 19h16

Insistente, Benfica vence em casa e volta a dividir liderança com o Braga

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Aimar toca para marcar um dos gols do Benfica no triunfo sobre o Vitória de Guimarães pelo Português

    Aimar toca para marcar um dos gols do Benfica no triunfo sobre o Vitória de Guimarães pelo Português

O Benfica entrou no estádio da Luz, pela 17ª rodada, pressionado pelo triunfo do Braga na sexta-feira e não podia pensar sequer no empate diante do Vitória de Guimarães. Porém, não vacilou e conseguiu mais um resultado positivo – por 3 a 1 – no Campeonato Português, encostando mais uma vez no líder da competição e ficando com o segundo lugar apenas em função do confronto direito – perdeu para o Braga no primeiro turno.

O resultado deixa o Benfica com 42 pontos, mesma pontuação do Braga. Agora, o time dos zagueiros Luisão e David Luiz – titulares neste sábado – pode se isolar na liderança da tabela na próxima quarta-feira, em função de jogo antecipado pela 20ª rodada do Campeonato Português, diante do União Leiria.

Apesar da enorme presença de brasileiros na equipe do Benfica, foi o argentino Aimar – um gol e uma assistência - e o português Carlos Martins – dois gols - quem garantiram a vitória dos anfitriões. Surpreendentemente, o meio-campo Ramires, além de Felipe Menezes, não ficaram sequer no banco de reservas. No final da partida, dois brasileiros deixaram o banco de reservas e foram utilizados pelo técnico Jorge Jesus: os atacantes Éder Luís – que acertou uma bola na trave - e Alan Kardec.

Superior desde o início da partida, o Benfica parava na “barreira” armada pela defesa do Vitória de Guimarães, que se defendia atrás e buscava o contra-ataque. Porém, aos 17min, Pablo Aimar tentou passe para Cardozo e a bola desviou na zaga; no rebote, o argentino ficou livre com o goleiro e teve calma para chutar e abrir o placar.

Os anfitriões seguiam melhores na partida, mas, em falha da defesa do Benfica, João Alves aproveitou cruzamento pela esquerda e ajeitou para o atacante Nuno Gomes, que não desperdiçou e empatou a partida. No começo do segundo tempo, Pablo Aimar voltou a se destacar, dando assistência para Carlos Martins colocar o Benfica novamente à frente no placar.

E o mesmo Carlos Martins praticamente definiu a partida ao fazer mais um dez minutos depois. O atacante português acertou um forte chute no ângulo esquerdo do gol de Nilson, marcando um golaço no estádio da Luz. O Vitória quase chegou ao segundo gol após uma cabeceada do atacante brasileiro Douglas, mas ficou nisso.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host