UOL Esporte Campeonato Português
 
18/04/2010 - 15h57

Benfica vence em Coimbra e pode ser campeão contra o Porto

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Com dois gols do brasileiro Weldon, o Benfica bateu o Acadêmica de Coimbra por 3 a 2 neste domingo e ficou mais perto do título do Campeonato Português. Além do ex-cruzeirense, também brilhou o argentino Di Maria, que deu assistência para dois gols da equipe lisboeta.

O Benfica tem seis pontos de vantagem sobre o Braga, faltando três rodadas para o fim da competição. Se o rival tropeçar, a equipe dos brasileiros Luisão e Ramires pode ser campeão já no seu próximo jogo, contra o Olhanense, no estádio da Luz, no próximo final de semana. Um empate em pontos entre Benfica e Braga, porém, daria o título para a equipe bracarense, que tem vantagem no confronto direto.

Desta forma, o título pode vir exatamente contra o arquirrival Porto, na penúltima rodada do Português, no estádio do Dragão, casa da equipe portista, atual tetracampeã portuguesa.

O jogo

Com o estádio Cidade de Coimbra completamente lotado, algo que não acontecia desde sua inauguração em 2004, na Euro, o Benfica não teve a volta de Saviola, que, parcialmente recuperado de uma lesão no pé, começou no banco de reservas. Para compensar a ausência do argentino, o artilheiro da competição, Cardozo, apesar de ter se machucado no clássico contra o Sporting, surpreendeu e apareceu entre os titulares da equipe de Lisboa.

Quem brilhou, porém, foi o brasileiro Weldon, que abriu o placar logo aos 3min, em jogada confusa na área. O meia-atacante cabeceou meio de ombro, meio de orelha, mas fez o primeiro do Benfica.

O Benfica continuou pressionando, mas quem marcou foi o Acadêmica. Diogo Gomes chutou bonito de fora da área, a bola bateu nas costas de Cardozo e enganou Quim, que ainda tocou na bola mas não evitou o empate.

Melhor, o Benfica voltou à frente aos 44min, novamente com Weldon. Di Maria fez linda jogada na linha de fundo pela esquerda, passou pela marcação e cruzou para Cardozo. A bola foi um pouco alta, passou pelo paraguaio, mas caiu no pé de Weldon, que dominou e fez o segundo dele no jogo.

Com o 2 a 1, Jorge Jesus resolveu trocar os brasileiros em campo, tirando Weldon e lançando Alan Kardec. Ramires, que começou no banco, entrou no lugar de Aimar. Já Luisão não jogou, suspenso após jogada violenta no clássico contra o Sporting na última rodada.

Ainda deu tempo de o Benfica fazer o terceiro, com Rúben Amorim, que completou mais uma assistência precisa de Di Maria. William Tiero, aos 43min, descontou para o Acadêmica.

Outros jogos

Também neste domingo, o Nacional da Madeira venceu o União Leiria por 2 a 0 em casa e voltou a encostar na briga por uma vaga na Liga Europa. A equipe da Ilha da Madeira está em sexto, com 36 pontos, um a mais que o Vitória de Guimarães. Já o Benelenses empatou em 0 a 0 com o Rio Ave e, a oito pontos de sair da zona rebaixamento, dificilmente escapa da segunda divisão.

Sem chances de conquistar o título português por causa da vitória do Benfica, o Porto não teve dificuldades em bater o Vitória de Guimarães por 3 a 0 no fechamento da rodada. Hulk abriu o placar aos 28min, Guarín fez o segundo e o artilheiro Falcão fechou a goleada aos 35min da segunda etapa.

Com 59 pontos, o Porto está a cinco do Braga na briga pela segunda vaga portuguesa na Liga dos Campeões na próxima temporada. Na próxima rodada, os portistas pegam outro Vitória: o de Setúbal, fora de casa. O Braga joga contra o Naval, também como visitante.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host