UOL Esporte Campeonato Português
 
16/08/2010 - 18h10

Olhanense e Vitória de Guimarães estreiam com empate e jogo fraco no Português

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Olhanense e Vitória de Guimarães empataram em 0 a 0 na estreia no Campeonato Português, nesta segunda, no estádio José Arcanjo, em Olhão. A partida foi fraca em emoções e, no final, as equipes pareciam estar satisfeitas com o empate.

O jogo era pelo Campeonato Português, mas o que não faltou em campo foi atleta brasileiro. Nada menos do que dez jogadores do Brasil começaram a partida. Moretto, Mauricio, Jardel, Vinicius e Djalmir, pelo Olhanense, e Nilson, Valdomiro, Bruno Teles, Leandro Freire e Edgar Silva, pelo Vitória. Lulinha, ex-Corinthians e atualmente no Olhanense, sequer foi relacionado para o jogo.

O time da casa dominou o primeiro tempo. Não teve muitas oportunidades, mas foi sempre mais perigoso e teve as melhores chances para abrir o marcador. Logos aos 09 minutos, um bom chute de Nuno Piloto que passou à esquerda do gol de Nilson foi a primeira oportunidade concreta de gol.

O Vitória de Guimarães só atacou aos 26 minutos, em chute de João Ribeiro que foi para fora. Mas a melhor chance do primeiro tempo foi do Olhanense, aos 30. Em cobrança de escanteio, Vinicius cabeceou à queima-roupa para excelente defesa de Nilson. Com poucas oportunidades, o primeiro tempo não poderia terminar de forma diferente de um 0 a 0.

No segundo tempo as equipes continuaram se segurando e não criavam muito. A primeira grande chance ocorreu apenas aos 14 minutos, e novamente para o dono da casa. Jorge Gonçalvez recebeu espetacular lançamento de Paulo Sérgio e ficou cara a cara com Nilson. O goleiro esperou a hora certa para cair e evitou o primeiro gol do Olhanense.

Aos 21 minutos, outra boa chance do Olhanense. Jorge Gonçalves cruzou na ponta direita e Nuno Piloto cabeceou bem, mas a bola apenas passou perto do gol.

Como decorrer do segundo tempo, as duas equipes diminuiram o ritmo e não se atacaram mais, como se o empate fosse bom para as duas e para a tristeza dos 5.700 torcedores que compareceram ao José Arcanjo. O Olhanense ainda tentava com alguns cruzamentos sobre a área, numa tentativa infrutífera de agradar sua torcida. O Vitória nem isso. Todas as bolas roubadas na zaga eram rapidamente devolvidas ao adversário na outra metade do campo.

Aos 42 minutos, um susto que por pouco não transformou o resultado em uma injustiça. O Vitória de Guimarães teve sua única chance de gol, com o brasileiro Edgar Silva que subiu completamente livre na área, mas cabeceou para fora. O resultado ficou mesmo no 0 a 0, pior para o Olhanense que teve mais chances e tentou o gol. 

Na próxima rodada, o Olhanense viaja até Coimbra para enfrentar o Acadêmica, que conseguiu uma surpreendente vitória sobre o Benfica, em Lisboa, por 2 a 1. Já o Vitória de Guimarães receberá o Rio Ave, em Guimarães.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host