Topo

Série B - 2019


Na reestreia de Rafinha, Rodrigão decide e Coritiba derrota o Cuiabá

2019-05-25T12:56:27

25/05/2019 12h56

Na manhã deste sábado, o Coritiba recebeu o Cuiabá no Couto Pereira e venceu por 2 a 1. Os dois gols saíram através de Rodrigão. Com o placar, o Coxa fica provisoriamente na quinta colocação, com oito pontos. Enquanto isso, o time do Mato Grosso está uma posição abaixo, mas com a mesma pontuação.

Na próxima rodada, o Coritiba encara o América-MG, no Independência. Já o Cuiabá recebe a Ponte Preta, na Arena Pantanal.

O duelo

O Coritiba iniciou o duelo presente no campo do Cuiabá. Sem deixar espaço para o rival respirar, o Coxa teve um gol anulado logo de cara. O meia-atacante Rafinha, estreante do dia, recebeu na grande área e tocou na saída do goleiro. O bandeira assinalou impedimento do camisa 7 e anulou o tento de maneira correta.

Aos 10 minutos não teve jeito. Desta vez, Rafinha tabelou com Rodrigão e deixou o companheiro na cara do gol. O artilheiro bateu forte e saiu para o abraço, 1 a 0.

A vantagem tirou o ritmo do Coritiba que deu a bola para o Cuiabá e iniciou um jogo mais brigado no meio-campo. Por outro lado, o time visitante encontrava dificuldades para criar e pouco assustava Wilson.

No último lance do primeiro tempo, o Cuiabá assustou na bola aérea. Felipe Marques levantou na medida para Junior Todinho, que cabeceou e tirou tinta do poste.

O segundo tempo começou agitado. Melhor postado no setor ofensivo, o Cuiabá criou duas ótimas oportunidades. Na primeira, Toty recebeu de Caio Dantas e parou em milagre de Wilson. Na segunda, Felipe Marques recebeu em velocidade, invadiu a grande área e bateu para fora.

Com amplo domínio, o empate era questão de tempo e ele veio aos 15 minutos. Em belo contra-ataque, Júnior Todinho aproveitou o cruzamento e desviou para o fundo das redes, 1 a 1.

O gol abalou o Coritiba, que deixou a torcida enfurecida nas arquibancadas e o time entrou em parafuso. Na beira do campo, o técnico Umberto Louzer tentava recolocar o Coxa na partida, mas a equipe encontrava dificuldades para fazer o jogo fluir.

Sem inspiração na hora de criar, o Coxa apostou na bola parada. Aos 35, após levantamento na grande área, Rodrigão, sempre ele, deu uma casquinha na bola e recolocou o Coritiba em vantagem.

Em desvantagem o time visitante precisou sair para o jogo, mas não teve forças para reagir. No lance mais polêmico, o Cuiabá pediu pênalti após toque de mão do zagueiro do Coritiba dentro da área, porém a arbitragem não deu.

Na chance derradeira, Caio Dantas recebeu um excelente cruzamento da direita, tirou de Wilson na cabeçada e viu a bola sair pela linha de fundo.