UOL Esporte Futebol
 
15/04/2010 - 12h32

Câmara questiona Fifa e deputado pede mais atenção do Comitê-2014

Gustavo Franceschini
Em São Paulo

A Câmara dos Deputados vai pedir à Fifa que o Comitê Organizador da Copa de 2014 preste mais contas ao Congresso, à mídia e à população. Em requerimento aprovado na última quarta-feira, a casa questiona a entidade-mor do futebol mundial sobre alguns problemas do Mundial brasileiro, inclusive os atrasos em obras.

“A gente quer mostrar que o Congresso está sendo mantido fora da discussão. Nós sequer conseguimos levar o Comitê à Câmara. Já fizemos seis convites, e eles simplesmente nos ignoraram”, disse o deputado Sílvio Torres (PSDB-SP), responsável pelo requerimento, que foi aprovado de maneira unânime.

Agora, o texto chegará às mãos de Michel Temer (PMDB-SP), presidente da casa, que terá a obrigação de apresentar os questionamentos à Fifa. Como é privada, a entidade não tem obrigação de responder nenhum dos itens, que vão desde a confirmação do número de cidades até a chance de o Brasil perder o direito de ser sede.

Curiosamente, o pedido acontece justamente no momento em que Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa, chega ao país. O dirigente, que já criticou publicamente os atrasos das obras, está em terras verde-amarelas desde a manhã desta quinta.

Segundo a assessoria de imprensa do Comitê Organizador, Valcke faria uma reunião com Ricardo Teixeira, presidente do Comitê e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ainda em São Paulo. Depois, ambos seguiriam para Brasília, onde conversariam com dois ministérios não divulgados.

No fim do dia, a dupla deve chegar ao Rio de Janeiro, e Valcke deixaria o país na manhã de sexta, sem falar com a imprensa em nenhum momento. Sílvio Torres também questiona a postura do dirigente, que teria, segundo o político, de abrir mais sua agenda.

“A informação que a gente tem é de que ele está blindado. Ele não pode vir escondido e não falar”, disse o parlamentar, que estendeu suas críticas ao Comitê. “Eles não têm um interlocutor, não há coordenação, não sabemos com quem conversar. É um modelo de organização ruim, que está atrasado em tudo, inclusive nas obras”, concluiu.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host