UOL Esporte Futebol
 
05/05/2010 - 09h21

Cidades atrasam obras de transporte urbano para a Copa do Mundo de 2014

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Não são apenas os estádios brasileiros que causam preocupação devido aos atrasos para a Copa do Mundo de 2014. Ao menos metade das obras de transporte urbano previstas para iniciarem ainda neste ano vai atrasar, de acordo com a Folha de S. Paulo.

NOVO SISTEMA ANTIDOPAGEM PARA COPA

A Copa do Mundo que será realizada neste ano na África do Sul apresentará um novo sistema antidoping, com procedimento mais veloz e eficaz. Neste ano, a Fifa já informou que os médicos da entidade farão visitas sem aviso prévio na etapa de preparação das 32 seleções entre 10 de abril e 10 de junho, véspera da abertura do Mundial. Durante a competição, dois atletas de cada equipe serão sorteados para os exames após as partidas.

Está previsto em documento assinado pelos administradores das cidades-sedes que 28 construções devem começar até dezembro deste ano, mas as duas primeiras, que já deveriam ter sido iniciadas ainda estão paradas e 14 das outras 26 também já têm previsão de atraso para o começo.

Apesar de as obras não serem consideradas obrigatórias pela Fifa, diferentemente dos estádios, elas foram um compromisso assumido com a organização da Copa. O total de 43 obras tem orçamento de R$ 11,5 bilhões. A maior parte é de corredores viários e corredores expressos de ônibus, chamados BRT (Bus Rapid Transport, em inglês).

Mesmo com os atrasos, o ministro Márcio Fortes, das Cidades, afirma que não há construções de grande complexidade e os prazos são confortáveis devido ao fato de que a maior parte das obras estará pronta até 2013. Apesar de 11 das 12 cidades-sedes terem obras para início neste ano, somente Cuiabá e Distrito Federal têm licitações e contratos feitos para a reforma no transporte urbano.

Após a não-apresentação de interessados na licitação para a construção de um monotrilho orçado em R$ 1,3 bilhão, Manaus tem a segunda tentativa marcada para o próximo dia 13, ainda dependente de acordo entre governo estadual e Ministério Público.

As cidades de Curitiba, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo também estão atrasadas ou começarão após o prazo para a construção de monotrilhos ou corredores de ônibus.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host