UOL Esporte Futebol
 
06/05/2010 - 17h14

Inter recebe comitê da Fifa e garante que reforma do Beira-Rio não está atrasada

Daniel Cassol
Em Porto Alegre
  • Carlos De La Corte (e), ao lado de Pedro Affatato, realizou vistoria no estádio Beira-Rio nesta quinta

    Carlos De La Corte (e), ao lado de Pedro Affatato, realizou vistoria no estádio Beira-Rio nesta quinta

Depois da vistoria no Morumbi, o comitê organizador local da Fifa esteve em Porto Alegre nesta quinta para conferir o andamento das reformas no Beira-Rio. Na reunião, a direção do Internacional informou que pretende começar as reformas do estádio para a Copa do Mundo em 2014 dentro de dois meses, depois da liberação da prefeitura municipal. A direção do clube recebeu o representante do comitê organizador da Fifa no Brasil, Carlos de La Corte, que teria ficado satisfeito com o cronograma desenvolvido pelo Internacional.

“Eles ficaram muito contentes com o desenvolvimento dos nossos projetos, com a apresentação que foi feita, o estágio em que o projeto se encontra e também o andamento do processo de liberação na prefeitura”, disse o vice-presidente do Inter, Pedro Affatato.

A reunião estava prevista para as 10h da manhã, mas a comitiva não conseguiu chegar em Porto Alegre devido ao fechamento do Aeroporto Salgado Filho para pousos. De La Corte chegou ao Beira-Rio por volta das 15h, sem falar com a imprensa.

Consultor em construção de arenas, De La Corte foi contratado no final de março pela Grêmio Empreendimentos, empresa criada pelo Grêmio para acompanhar a construção da futura Arena na zona norte de Porto Alegre.

De acordo com o vice-presidente do Inter, a reunião debateu o cumprimento do cronograma e detalhes do projeto de reforma do Beira-Rio. “Uma das questões discutidas foi o cronograma de viabilidade da obra. Nós apresentamos para a Fifa e eles entenderam como suficiente”, disse Affatato. “Não está nada atrasado, pelo contrário, bem adiantado”, completou.

O Inter diz ter R$ 150 milhões disponíveis para o início das reformas, e espera que a prefeitura de Porto Alegre emita licenças para as construções, o que deve ocorrer dentro de 40 dias. O clube espera vender o estádio dos Eucaliptos, sua antiga casa, por cerca de R$ 25 milhões, além de antecipar receitas com a venda de suítes e camarotes no estádio.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host