UOL Esporte Futebol
 
10/08/2010 - 17h51

Consórcio 'Maracanã Rio 2014' vence e define sobre paralisação do estádio na sexta

Luiza Oliveira
Em São Paulo
  • Maquete do projeto para a Copa 2014. Odebrecht, Andrade Gutierrez e Delta reformarão Maracanã

    Maquete do projeto para a Copa 2014. Odebrecht, Andrade Gutierrez e Delta reformarão Maracanã

O consórcio Maracanã Rio 2014, formado por Odebrecht, Andrade Gutierrez e Delta, ganhou o direito de reformar o estádio carioca. As empresas ofereceram uma proposta mais barata ao governo do estado do Rio de Janeiro e por isso levaram vantagem. Na sexta-feira, haverá uma reunião para a definição os planos de meta, o que inclui as datas do início das obras.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Obras, a proposta do grupo vencedor foi de R$ 705 milhões, enquanto a concorrente OAS pediu um valor de R$ 712 milhões para executar o serviço.

O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira pelo secretário de obras Hudson Braga, que abriu os envelopes com os valores propostos pelos consórcios. Na entrevista coletiva, ele garantiu que a determinação da Fifa para que o Maracanã esteja pronto até o fim de 2012 será cumprida. No ano seguinte, o estádio será palco de partidas da Copa das Confederações.

Braga foi perguntado sobre as reclamações das empresas consideradas inabilitadas que alegaram uma excessiva rigidez da avaliação. O secretário disse apenas que todos já conheciam o edital e que a decisão é definitiva, cabendo recurso agora apenas na esfera judicial.

“As empresas já conheciam o edital, o retiraram, fizeram a vistoria técnica e só depois do resultado contestaram o rigor. O perdedor está no direito de fazer suas alegações, mas já que não concordavam deveriam ter feito antes”, disse.

Os consórcios considerados inabilitados foram Brasil 2014 (Sanerio, BA Engenharia e Meio Ambiente e Hexagonal Construções), Construcap-Cetenco-Convap Maracanã, Novo Maracanã (Queiroz Galvão, Carioca Christiani-Nielsen) e Novo Maracanã Paulitec-Estacon-Recoma.

Na sexta, o encontro terá a presença do secretário de obras Hudson Braga, da secretária de esportes e lazer Márcia Lins, da Casa Civil e do consórcio vencedor da licitação.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host