UOL Esporte Futebol
 
24/08/2010 - 14h41

Cadeiras azuis são retiradas do Maracanã e governo 'foge' das perguntas

Marlos Bittencourt
No Rio de Janeiro

Agora é para valer: as cadeiras azuis do anel inferior do estádio começaram a ser retiradas no início da tarde desta terça-feira para o início das obras para a Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil. A secretária de Esporte e Lazer do Estado do Rio, Márcia Lins, e o presidente da Empresa de Obras Públicas (Emop), Ícaro Moreno, vistoriaram o local.

Márcia Lins e Ícaro Moreno, no entanto, driblaram a imprensa e não concederam entrevistas. Muitas perguntas ficaram sem respostas. Os usuários da gratuidade (menores de 12 anos, maiores de 65 e escoteiros), por exemplo, não sabem qual setor do estádio poderão utilizar, uma vez que as cadeiras azuis começaram a ser retiradas.

A primeira etapa terá de ser concluída em um mês. Em seguida, os operários começarão a quebrar o anel inferior. A partir desta terça-feira, os responsáveis pela reestruturação do Maracanã terão 50 dias para realizar nova reunião de avaliação das obras. Depois do encontro, decidirão se o estádio será ou não fechado totalmente.

Conforme o desempenho dos clubes cariocas no Brasileiro, há a possibilidade de o anel superior (arquibancada) ser mantido aberto até dezembro. Caso o governo entenda ser necessário fechar totalmente o Maracanã, Flamengo e Fluminense terão de mandar os jogos em outros estádios, como São Januário, Engenhão e Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Quanto as cadeiras azuis, o destino delas deverão ser os clubes de menor investimento do Estado. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) e a Suderj estão construindo uma parceria com estes clubes para que eles utilizem as cadeiras em seus estádios. A previsão é a de que sejam retiradas cerca de 1.300 cadeiras por dia do anel inferior.

Já para a partida desta quinta-feira, entre Flamengo e Atlético-MG, às 21h, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, a capacidade de público no Maracanã foi reduzida para 39.512 pagantes. Os 80 mil torcedores que lotaram o estádio para o clássico Vasco x Fluminense, no último domingo, provavelmente serão os donos do maior público do Brasileiro deste ano.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host