Histórias da copa

As Copas que

Escaparam

Na cabeça do brasileiro, (quase) todo título mundial deveria ser do Brasil. Duvida?

1930

Sem ponte aérea

A rixa entre cartolas de Rio e São Paulo tirou os paulistas da primeira Copa. Até o craque Friedenreich foi vetado

O resultado? O Brasil perdeu da fraca Iugoslávia - que seria batida dias depois, em amistoso (com jogadores de RJ e SP)

CHOQUE DE REALIDADE

O Brasil poderia ter ido longe, mas dificilmente ganharia. O Uruguai já era bicampeão olímpico e estava em casa

1938

Enigma do Diamante

Leônidas da Silva era o Pelé (ou quase…) da época. Na França, com bicicleta e tudo, foi o artilheiro e encantou a Europa

Lesionado, o Diamante Negro não jogou a semi contra a Itália. Com ataque improvisado, o Brasil perdeu um jogo equilibrado

CHOQUE DE REALIDADE

A badalada seleção de 1938 não perdeu para qualquer um: a Itália defendia o título e era MUITO mais experiente internacionalmente

1950

Sim, o Maracanazo

Alguns assuntos não devem ser lembrados. Mas, se são as Copas que escaparam, não dá para fugir daquele desastre

Já campeão segundo os jornais, o Brasil só precisava empatar com o Uruguai. Perdeu, e a saída do Maracanã pareceu marcha fúnebre

CHOQUE DE REALIDADE

O Uruguai estava invicto em Copas (após boicotar 34 e 38). A primeira derrota foi só em 1954, para a mítica Hungria de Puskás

1974

Injustiça divina

Pelé estava fora. A camisa 10 tinha de ser de Ademir da Guia, que ganhou tudo pelo Palmeiras. Mas Zagallo teimou até o fim

ENTENDE?

Ademir só jogou 65 minutos na Copa - nem os europeus entenderam! Mais: considerado o melhor marcador do Brasil por Pelé, o volante Dudu nem foi convocado (e fez falta na marcação a Cruyff)

CHOQUE DE REALIDADE

Com Dudu e Ademir, o Brasil seria mais forte. OK. Mas a final Alemanha x Holanda tinha Beckenbauer, Cruyff, Gerd Muller, Neeskens...

1982

Divisor de águas

A seleção de Telê era sensacional, mas será que poderia ser melhor? É só lembrar que o Brasil perdeu Careca e Reinaldo antes da Copa

Ambos jogavam mais que Chulapa, mas o Brasil não perdeu por causa do ataque, mas pela defesa. E aquela derrota esquentou o debate: jogo bonito ou futebol de resultado?

CHOQUE DE REALIDADE

Verdade seja dita: aquela Itália era forte. A base da equipe vinha do quarto lugar da Copa de 1978.

E SE...

É isso: se o Brasil perdeu uma Copa, é porque houve algo de errado. Então que tal uma bateria de perguntas sobre MAIS edições que (supostamente) escaparam?

1978

E se o Peru não tivesse entregado o jogo perdido por 6 a 0 contra a Argentina?

1986

E se Telê fosse menos teimoso (sem cortar Renato, sem Zico batendo pênalti, com veteranos em forma...)?

1990

E se Lazaroni tivesse convocado Neto?

1998

E se Ronaldo tivesse entrado em campo na final depois de um dia muuuuito tranquilo?

2006

E se Ronaldo e Adriano estivessem com 30 kg a menos e Ronaldinho, um pouco mais compenetrado?

2010

E se Dunga tivesse chamado Neymar e Ganso?

2014

E se Neymar estivesse em campo contra a Alemanha?

Histórias da copa

Reportagem Giancarlo Giampietro

Edição Bruno Conde Doro

Arte Carla Borges

patrocinadores