Mauricio Stycer

Na animação e gritaria, Alex Escobar quer ser o sucessor de Marcio Canuto

Reprodução/Globo
Alex Escobar Imagem: Reprodução/Globo
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

É jornalista desde 1986. Repórter e crítico do UOL, autor de um blog que trata da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Colunista do UOL

02/07/2018 10h30Atualizada em 03/07/2018 07h57

Como sempre faz em Copa do Mundo, a Globo investe bastante na cobertura dos pré-jogos do Brasil. É um "esquenta" fundamental para "acordar" e levantar a audiência - ainda mais em jogos matinais, como ocorreu nesta segunda-feira (02). A transmissão começou cedo, logo depois do “Bom Dia Brasil”, deixando o espectador sem o “Mais Você”, de Ana Maria Braga, mas com Galvão Bueno, Fernanda Gentil e, especialmente, Alex Escobar.

O repórter foi escalado para entradas ao vivo da porta do estádio em Samara. Como tem ocorrido ao longo da Copa, Escobar se diverte demais nestas interações com os torcedores brasileiros. Além de vestir sempre algum acessório engraçado, pula, grita, canta... Lembra demais Marcio Canuto, o mais performático repórter da Globo.

Aliás, cadê Marcio Canuto? Presença notável durante a Copa de 2014, o repórter não ganhou papel especial em 2018. Ficou em São Paulo, de onde tem colaborado com algumas poucas participações, sempre ao seu estilo, com torcedores locais.

Escobar ocupou o espaço de Canuto na galhofa que vem da Rússia. Ele parece muito mais à vontade, vale dizer, neste papel de chefe de torcida do que como narrador, posição em que foi testado na Copa de 2014.

A tropa da Globo no pré-jogo conta também com a sempre animada Glenda Koslowski. Nesta segunda-feira, coube a ela a tarefa sempre difícil de fazer a narração da entrada dos jogadores da seleção no ônibus que os levará ao estádio. Simpática, Glenda implorou por uma alô de Neymar, mas não conseguiu muita coisa.

Outro momento tradicional deste “esquenta” para o jogo são os links ao vivo de Recife e Salvador. São sempre iguais. No primeiro, Galvão Bueno tem sempre a oportunidade de comentar sobre os bonecos de Olinda que reproduzem os profissionais da Globo. Nesta segunda-feira, por exemplo, ele se impressionou com a altura do boneco que imita o narrador Luiz Carlos Jr.

Tinha que ter Copa do Mundo toda manhã.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Mauricio Stycer

Topo