Copa 2018

Com vaga ameaçada na seleção, Filipe Luis revê trauma pré-Copa

Pedro Martins/ MoWa Press
Filipe Luis ficou de fora de convocação pela segunda vez e viu concorrência aumentar na lateral esquerda Imagem: Pedro Martins/ MoWa Press

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/10/2017 04h00

Tite tem poucas dúvidas na cabeça para a Copa do Mundo. Um zagueiro reserva, alguns nomes no meio e, principalmente, as opções para o ataque. Nos últimos jogos, no entanto, um novo questionamento surgiu na cabeça do técnico da seleção brasileira: a lateral esquerda. Com Marcelo absoluto na posição, Filipe Luis se mostrava a opção garantida no banco e caminhava para, enfim, disputar seu primeiro Mundial. Mas o cenário mudou.

Lesionado, o lateral do Atlético de Madrid foi sacado da lista para os jogos finais das Eliminatórias – Bolívia e Chile – e viu Alex Sandro crescer na cotação de Tite e comissão técnica.

Na convocação da última sexta (20), a confirmação do novo momento. Filipe foi sacado e viu o lateral da Juventus ser chamado para os jogos contra Japão e Inglaterra, em novembro, deixando a briga completamente aberta.

E no momento que vê seu rival pela posição em ascensão, Filipe Luis reencontra um trauma antigo: perder a vaga às vésperas da Copa. Foi assim em 2010 e 2014.

Na primeira oportunidade, uma lesão no tornozelo o tirou do torneio na África do Sul. Michel Bastos e Gilberto acabaram sendo chamados por Dunga. No Mundial do Brasil, uma opção técnica fez Filipe acompanhar de longe o time de Felipão que tinha Marcelo e Maxwell na posição.

“Não posso falar em injustiça. Em 2014, o Maxwell fez uma excelente temporada, assim como o Marcelo. Eu fiz meu melhor possível. A partir desse momento, a convocação está nas mãos de outra pessoa”, disse Filipe, em sua última entrevista pela seleção, noa janela dos jogos contra Equador e Colômbia.

“O objetivo agora é o mesmo. A única coisa que está nas minhas mãos é jogar o melhor possível no meu clube e na Seleção. Depois disso tenho que esperar. Se eu vou ou não, não depende de mim”, completou o lateral do Atlético de Madrid.

Recuperado de problemas musculares recentes, Filipe Luis terá cerca de quatro meses para mostrar a Tite que merece finalmente realizar o sonho de estar em uma Copa. A próxima convocação da seleção será em março, para os jogos contra Rússia e Alemanha. A lista será a última antes da convocação final para a Rússia, em maio.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo