Copa 2018

Diego sofre para agarrar chance. Outros 5 precisam mostrar serviço a Tite

Divulgação/CBF
Diego, do Flamengo, foi nome contestado na convocação da seleção brasileira Imagem: Divulgação/CBF

João Henrique Marques e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Paris (França)

08/11/2017 04h00

Ansioso por mostrar serviço e ratificar os argumentos de Tite em uma sonhada convocação para a Copa do Mundo, Diego teve mais um problema na última terça-feira (7). Com dores na coxa, não treinou e passou por um exame de imagem para avaliar o grau de seu problema. O novo contratempo remete ao corte nos últimos jogos – contra Bolívia e Chile, pelas Eliminatórias – e reforça a dificuldade do meia do Flamengo em mostrar serviço na seleção brasileira. E ele não é o único que precisa agarrar a chance no grupo.

Além de Diego, pelo menos outros cinco nomes tentam impressionar Tite em posições ainda abertas para trocar o status de "aposta" pela vaga na lista para o Mundial da Rússia.

Na defesa, o bem cotado Alex Sandro deixou a comissão técnica com dúvidas após o bom desempenho nos dois últimos jogos e voltou à lista. No entanto, precisa mostrar serviço para ganhar a vaga do elogiado Filipe Luís como reserva de Marcelo.

Pedro Martins/ MoWa Press
Diego Souza briga por uma vaga no ataque Imagem: Pedro Martins/ MoWa Press

O meio para frente é a região que concentra as maiores dúvidas de Tite. Fora Diego, querido por Tite mas com pouco tempo em campo pela seleção nos últimos meses, Giuliano, Taison, Douglas Costa e Diego Souza tentam aproveitar a passagem da equipe na Europa.

O primeiro, barrado recentemente nas Eliminatórias, reconhece o momento. "Sei que deixei a lista por algum motivo e agora tenho que trabalhar. Não dá para relaxar. Todo mundo aqui quer uma vaga. Espero aproveitar minha chance", disse Giuliano, que pode aparecer no time no jogo contra o Japão, na próxima sexta (10).

Os outros três não devem ter uma oportunidade como titular, mas brigam pela reserva do ataque em situação completamente aberta na cabeça de Tite. Após diversos testes, o treinador apostou em nomes que convocou anteriormente e ainda avalia a melhor decisão.

Taison é questionado por torcida e crítica especializada, mas conta com a simpatia da comissão técnica, que avaliou como boas as oportunidades recentes.

Douglas Costa é o nome ideal para Tite, mas as recentes lesões impediram que o enorme potencial fosse verificado sob a batuta do treinador. A nova convocação é a chance de se firmar no grupo. Já Diego Souza surge com menos espaço, mas também conta com a confiança do comandante e corre por fora por uma chance.

A disputa já começou nos treinos, mas deve ter ainda mais peso nos próximos dias, com os amistosos contra Japão, em Lille (França), e Inglaterra, em Londres. Passados os jogos, Tite espera ter uma ideia avançada da lista para a Copa, a ser divulgada em maio. Antes da convocação final, apenas dois amistosos: contra Rússia e Alemanha, em março de 2018.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo