Copa 2018

Horário japonês gera fracasso de público em jogo da seleção na França

Pedro Ivo Almeida/UOL Esporte
Imagem: Pedro Ivo Almeida/UOL Esporte

João Henrique Marques e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Lille (França)

10/11/2017 10h06

Em campo pela primeira vez na história de Lille, a seleção brasileira não conseguiu atrair a atenção dos fãs de futebol da cidade ao norte da França. Ao menos no horário incomum das 13h (local, às 10h em Brasília) marcado para o jogo desta sexta-feira (10) no estádio Pierre-Mauroy.

Reformado para a Eurocopa de 2016 e com capacidade para pouco mais de 50 mil espectadores, o moderno estádio recebeu menos da metade de sua capacidade para o amistoso entre Brasil e Japão.

Até a véspera do jogo, menos de 17 mil bilhetes haviam sido vendidos. Formado por três anéis de assentos, sendo dois para público geral e um para camarotes, o estádio Pierre-Mauroy teve seu anel superior (de maior capacidade) fechado por conta da baixa procura para esta sexta-feira.

O horário das 13h em uma sexta-feira comum, sem qualquer feriado na localidade, ajuda a explicar o fracasso. Tal marcação ocorreu por um pedido da Federação Japonesa, organizadora da partida, que visava atender ao público de seu país. O jogo começou às 21h de Tóquio, sendo transmitido em horário nobre.

E se na TV oriental a audiência prometia ser boa, o mesmo não conseguiu se repetir no estádio. Brasil e Japão entraram em campo diante de um público tímido e bem distante dos padrões de jogos do time de Tite. Apesar do anel superior fechado e da concentração até razoável de torcida próxima ao campo, já era mais possível disfarçar o fracasso.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo