Copa 2018

Guerrero é recebido na Argentina com pedido da torcida do Boca: 'Vem'

Mariana Bazo/Reuters
Atacante viajou a Buenos Aires para se preparar para a Copa do Mundo de 2018 Imagem: Mariana Bazo/Reuters

Do UOL, em São Paulo

05/02/2018 17h18

Paolo Guerrero chegou na sexta-feira à Argentina. A pedido do técnico da seleção peruana, Ricardo Gareca, o atacante viajou ao país para realizar parte de sua preparação física e psicológica para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Aos 34 anos, Guerrero está suspenso desde 3 de novembro, após o resultado de um exame realizado em outubro que flagrou a substância benzoilecgonina. O contrato do jogador com o Flamengo está suspenso, mas o afastamento dos gramados terminará antes do Mundial na Rússia. Cumprido o gancho, deve retornar ao clube da Gávea.

TodoSport/Reprodução
Torcida do Boca Juniors sonha com a contratação de Paolo Guerrero, que treina em Buenos Aires a pedido do técnico Ricardo Gareca Imagem: TodoSport/Reprodução
Ao chegar a Buenos Aires no fim de semana, Guerrero foi recepcionado por torcedores do Boca Juniors no aeroporto. Diante do interesse da equipe no atacante, os torcedores decidiram endossar a campanha, cantando músicas como “Paolo, venha ao Boca”.

No desembarque, Guerrero não fez declarações a respeito do interesse do Boca. Em vez disso, à reportagem da ESPN no local, preferiu justificar a ida à Argentina para seus treinos.

“O professor queria que eu me preparasse, e eu simplesmente fiz isso. Além disso, felizmente, tenho amigos que me ajudaram a tomar uma decisão. Muitos conhecidos, muita gente me ajuda nesse aspecto, então decidi vir e sair um pouco do cotidiano. Em Buenos Aires, farei um pouco de atividade física”, argumentou.

Enquanto não retorna aos gramados, Guerrero demonstrou otimismo com uma nova apelação de seus advogados junto à Corte Arbitral do Esporte (CAS). O pedido é para que a pena seja completamente anulada.

“Preciso jogar, estar em atividade. Estou resolvendo meu assunto o mais rápido possível. Agora, resta me preparar bem e estar pronto para voltar aos campos. Isto é algo que eu não deveria estar passando, é uma injustiça”, disse.

Otimista, Guerrero acredita que chegará “bem” à Copa do Mundo. “Sempre tive uma boa preparação. Espero que seja da mesma maneira agora”, afirmou o jogador. “Quero apenas que se resolva tudo isso para voltar o mais forte possível”, acrescentou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo