Copa 2018

Miranda exalta Tite e diz estar feliz por estar entre os nomes da Copa

PAULO WHITAKER/REUTERS
Miranda derruba Suárez, durante a partida entre Brasil e Uruguai Imagem: PAULO WHITAKER/REUTERS

Do UOL, em São Paulo

19/02/2018 19h05

Por mais que a Inter de Milão não viva um bom momento no Campeonato Italiano, Miranda não tem do que se queixar. Titular absoluto da equipe europeia, o zagueiro foi praticamente garantido por Tite na Copa do Mundo, em entrevista que o técnico concedeu ao UOL Esporte na última semana.

O defensor mostrou contentamento com a 'pré-convocação'. “Fico feliz de estar entre esses nomes escolhidos. Vou procurar trabalhar e representar da melhor forma possível o nosso país”, disse o zagueiro no programa Tá Na Área, do SporTV.

Cotado para ir à Copa do Mundo de 2014, Miranda foi preterido por Henrique na lista de Luiz Felipe Scolari. O jogador, que tinha acabado de vencer o Campeonato Espanhol pelo Atlético de Madri, afirma que isso já faz parte do passado.

"Hoje chego com mais experiência e acredito que com mais vontade de demonstrar que eu poderia estar presente, poderia ter ajudado o Brasil naquela competição, realizada no meu país. Eu tive um sonho que foi adiado, mas agora o momento chegou. Não vou pensar no que poderia ter acontecido; vamos pensar para frente, em um grande Mundial na Rússia. Vamos buscar o título", afirmou.

Miranda também falou sobre Tite. Para ele, o diferencial do treinador é a constante conversa com os atletas da seleção. "O Tite, a gente conversa. O Tite é um grande treinador. Acho que um dos fatores que fazem com que ele seja um grande treinador é a relação com seus atletas. Ele tenta passar a filosofia e fazer com que eles entendam."

Ainda sobre a seleção, Miranda afirmou que não tem preferencia sobre quem deverá ser o quarto zagueiro da lista de Tite. Para ele, os cotados Jemerson, Pedro Geromel, Rodrigo Caio e David Luiz possuem totais condições de vestir a camisa amarelinha.

"Por mim, eu não teria reserva. Jogaria todas, sem sombra. Mas todos esses nomes são nomes de qualidade, de alto nível. Qualquer um deles poderia representar o país. A seleção brasileira não pode ter dono de posição; os jogadores que estão lá precisam mostrar por que são titulares", finalizou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo