Copa 2018

Ídolo inglês é atração de pub na Copa e fãs podem beber com ele por R$ 120

David Cannon/Getty Images
Gascoigne (d) é consolado após derrota da Inglaterra para a Alemanha na semifinal da Copa de 1990 Imagem: David Cannon/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

22/02/2018 04h00

Imagine encontrar uma lenda do futebol em um bar. Imagine conversar com esse ídolo e beber algo com ele. Acrescente a isso um jogo de Copa do Mundo ao vivo em que vocês dois estarão torcendo pelo mesmo time, juntos. Pois alguns fãs de futebol da Inglaterra terão direito a essa experiência. O jogador que estará à disposição? Paul Gascoigne.

Gascoigne, hoje com 50 anos, comandou a seleção inglesa na Copa do Mundo de 1990, na Itália, quando o English Team chegou às semifinais, em sua melhor participação depois do título de 1966. Também foi a última vez da Inglaterra nas semifinais. Isso faz com que Gascoigne tenha um lugar especial no coração dos ingleses.

Mas o ex-jogador também ficou conhecido por muitas polêmicas depois de pendurar as chuteiras, boa parte delas causada pelo alcoolismo. Mesmo assim, ele se tornou uma atração de um pub de Blackpool para a próxima Copa do Mundo, na Rússia.

Reprodução
Cartaz anuncia presença de Gascoigne em pub durante a Copa Imagem: Reprodução

No dia 28 de junho, quem quiser ver o jogo entre Inglaterra e Bélgica no mesmo bar que Gascoigne, deverá pagar 27,50 libras, cerca de R$ 120. Ele ainda promete comandar uma rodada de perguntas e respostas com os clientes e fazer uma análise da partida diante dos belgas.

Existe também um pacote “VIP”. Por aproximadamente R$ 300, o torcedor terá direito a uma foto com Gascoigne e a um assento perto do ex-jogador, além de poder desfrutar de um buffet à vontade.

O ídolo inglês já começou até a fazer promoção. “Mal posso esperar para voltar a ver meus amigos em Blackpool e assistir a um grande jogo com todos os torcedores”.

A iniciativa, no entanto, também traz consigo uma preocupação para quem conhece o histórico de Gascoigne. O ex-jogador sofre com o alcoolismo e no início do ano passado chegou a se internar voluntariamente para tentar amenizar o problema.

Na época, a morte de um sobrinho de 22 anos o deixou fragilizado e agravou seu quadro. Mas no fim de 2017 sua filha Bianca declarou que Gazza, como ficou conhecido, está melhor de saúde. “Ele está indo muito bem. Acho que nunca o vi tão bem, inclusive”. É o que os fãs de Gascoigne esperam, assim como o pub de Blackpool.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo