Copa 2018

Zidane quer ajudar CR7 na Copa. Como jogador, ele já eliminou o português

Laurence Griffiths/Getty Images
Cristiano Ronaldo e Zidane: antes adversários, hoje companheiros de Real Imagem: Laurence Griffiths/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

09/03/2018 04h00

Zinedine Zidane hoje é um aliado de Cristiano Ronaldo em sua preparação para a Copa do Mundo. Como treinador do Real Madrid, ele tem poupado o português em jogos recentes argumentando que ele precisa estar inteiro ao fim da temporada europeia. Mas os dois já estiveram em lados opostos em um Mundial e Zidane levou a melhor. Em 2006, interrompeu o sonho do atacante em jogar uma final de Copa.

Na oportunidade, França e Portugal se enfrentaram nas semifinais da Copa disputada na Alemanha. Os franceses venceram por 1 a 0, com gol de pênalti marcado por Zidane. Camisa 10 e capitão, Zizou tinha 34 anos e era um astro mundial que possuía no currículo um título de Copa (1998) e três prêmios de melhor jogador do mundo (1998, 2000 e 2003).

Cristiano Ronaldo, por sua vez, estava com 21 anos e disputava seu primeiro Mundial. Titular, era o camisa 17. Sua agora tradicional camisa 7 pertencia a Figo, capitão do time português comandado por Luiz Felipe Scolari.

JOHN MACDOUGALL/AFP
Imagem: JOHN MACDOUGALL/AFP
Naquela partida, Cristiano Ronaldo foi um dos destaques de Portugal. Atuando principalmente aberto pela esquerda, procurou o jogo e deu trabalho à defesa francesa. Mas quando o árbitro marcou o pênalti em Henry, Zidane não perdoou. A dois passos da marca do pênalti, nem tomou distância para decretar o fim do sonho de CR7 em estar numa final de Copa do Mundo.

Doze anos depois, Zidane está ao lado do português. Quando o Real Madrid perdeu para o Espanyol no dia 27 de fevereiro, o treinador poupou Cristiano Ronaldo argumentando que, por ser ano de Copa do Mundo, o português precisava descansar.

“A temporada é muito longa. Além disso, são jogadores que sabem que no fim da temporada europeia [meio do ano] haverá um Mundial. Eles podem até dizer que não pensam nisso e pode até ser verdade, mas inconscientemente tem um Mundial. Então, digo isso por já ter vivido. Mundial é Mundial”, explicou Zidane.

Dos últimos cinco jogos do Real Madrid, o francês preservou Cristiano Ronaldo em dois: diante do Espanyol e também contra o Leganés, seis dias antes, ambos pelo Campeonato Espanhol. Como o Real Madrid está a 15 pontos do líder Barcelona, Zidane deve poupar seu principal jogador mais vezes até o fim da disputa, priorizando sempre a Liga dos Campeões.

Assim, Cristiano Ronaldo espera chegar em melhor forma à Rússia, já que, em 2014, disse ter disputado a Copa no Brasil com problemas físicos.

Com três participações em Mundiais no currículo (2006, 2010 e 2014), o português nunca foi o protagonista que costuma ser no Real Madrid. Em 13 jogos de Copa do Mundo, fez três gols (um em cada edição) e deu duas assistências. Mas agora Zidane espera colaborar por um desempenho compatível com o jogador que já o superou em prêmios individuais de melhor do mundo (cinco troféus contra três).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo