Copa 2018

Seleção belga cancela parceria de Copa com rapper após acusação de machismo

Reprodução
Reputação machista do rapper Damso implodiu projeto de música oficial da seleção belga Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

10/03/2018 17h03

A Real Associação de Futebol da Bélgica cancelou a colaboração com o rapper Damso na produção de uma música oficial da seleção do país para a Copa do Mundo. O anúncio do “acordo mútuo de rompimento” aconteceu na última sexta-feira, depois de uma série de acusações de machismo em relação ao teor das letras do artista.

Damso iria compor a música oficial da seleção de Hazard e De Bruyne, mas foi alvo de severas críticas por parte de grupos femininas, políticos e empresas do país. O rapper foi acusado de sexismo em letras de trabalhos recentes.

"Nós desejamos pedir desculpas especialmente a aqueles que se sentiram ofendidos, discriminados ou diminuídos pela escolha do artista em questão", manifestou a entidade belga em comunicado oficial.

O rapper em questão já havia lidado como um episódio de polêmica em 2015, em que descrevia um ato sexual com uma mulher muçulmana. O rapper não se pronunciou ainda sobre o cancelamento de seu projeto para a seleção belga.

Com um dos elencos mais fortes da atualidade, a Bélgica é cabeça-de-chave do grupo G na Copa do Mundo. Na primeira fase, a equipe enfrenta Panamá, Tunísia e Inglaterra. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo