Copa 2018

Tite já tem goleiro? Neto vive grande fase no Valencia e sonha com a Copa

Ana Carolina Silva

Do UOL, em São Paulo

11/03/2018 04h00

Tite já disse ao UOL que levará Alisson para a Copa da Rússia. Cássio e Ederson, que foram convocados recentemente para a reserva da seleção brasileira, são os favoritos a ficarem com as duas vagas restantes. Mas tem mais gente de olho nessa disputa. Aos "45 do segundo tempo" da preparação para o Mundial, o goleiro Neto, do Valencia, sonha com a possibilidade.

É verdade que o jogador não é lembrado por Tite (ou Dunga) desde a Copa América de 2015, no Chile, mas tem feito uma temporada de sonhos na Espanha e vislumbra uma chance na delegação brasileira.

Com convocação batendo à porta, o momento é bem oportuno: às 11h desta segunda-feira, o treinador da seleção anuncia a lista de escolhidos para os dois últimos amistosos antes da convocação para a Copa, contra Rússia e Alemanha.

"O que tiver de acontecer, vai acontecer. O meu objetivo é desempenhar bem o meu trabalho no Valencia. Se um dia eu tiver novamente a possibilidade [de defender a seleção], vai ser um prazer. Espero poder desempenhar o meu trabalho sem criar expectativa", disse Neto ao UOL Esporte.

Mowa Press
Neto na seleção brasileira em 2012 Imagem: Mowa Press

Desde que chegou ao Valencia em julho de 2017, o goleiro de 28 anos já disputou 27 jogos. Foram 16 vitórias, cinco empates, seis derrotas, dois pênaltis defendidos e oito partidas sem tomar gol. Isso sem falar dos elogios que coleciona nos principais jornais esportivos da Espanha, que o destacam como um paredão nas penalidades.

Não que Neto não estivesse jogando bem pela Juventus, mas o clube italiano o colocava na inevitável sombra de Buffon, ídolo, titular e símbolo da Velha Senhora - por quem ele e toda a torcida bianconera têm muito respeito. "O maior goleiro de todos os tempos", afirmou o brasileiro.

O Valencia aumentou sua frequência de jogos e, consequentemente, sua felicidade. "O primeiro passo é estar bem consigo mesmo e com o que você faz. Estou muito feliz aqui no Valencia e trabalhando com muita qualidade. Tudo acaba sendo consequência de como nós nos sentimos. Essa boa fase nada mais é que trabalho e autoestima elevada. Tudo acaba sendo consequência", comemorou.

"Eu não vinha tendo a sequência que gostaria de ter na Juventus. Optei por buscar o melhor para mim. O sonho de qualquer jogador é fazer parte da seleção, mas a gente só vai ter uma chance de fazer parte se estiver jogando. É consequência da minha escolha. Primeiramente ser feliz e fazer o que gosto e, em alto nível, a gente aparece para a seleção", completou.

Laurence Griffiths/Getty Images
Taffarel fez visita a Neto no Valencia Imagem: Laurence Griffiths/Getty Images

No Valencia, Neto já recebeu a ilustre visita de Taffarel, preparador de goleiros da CBF e braço direito de Tite na busca por um nome de confiança.

"É uma grande pessoa, fico feliz por ter mantido contato. É um prazer conversar com ele. O Taffarel está sempre observando todos os goleiros. A partir do momento em que você se encontra em alto nível, as coisas acontecem naturalmente", disse o atleta.

No entanto, ele tem ciência de que sua posição exige que uma boa relação entre treinador e goleiro já tenha sido estabelecida.

Portanto, se for convocado, Neto terá os dois amistosos para superar a confiança que Tite tem em Cássio e Ederson.

"É uma situação que exige um feeling (sentimento) e uma confiança entre treinador e goleiro”, admitiu. “Eu já não posso responder sobre a confiança dele. Posso te dizer que eu me sinto preparado para tudo. Se eu tiver a oportunidade de voltar, vou fazer ao máximo para mostrar que tenho a capacidade de fazer parte desse grupo", afirmou.

Alisson, titular da seleção e confirmado por Tite, foi muito elogiado por Neto. "Ele vem fazendo um grande campeonato [Alisson disputa o Campeonato Italiano pela Roma], uma grande temporada. Está num time com uma vitrine muito grande, que é a Roma. Tem feito um trabalho muito bom e dou meus parabéns a ele por isso", exaltou.

Se Neto fosse Tite e não pudesse convocar a si mesmo, quais goleiros levaria?

"Eu acho que seria uma questão muito difícil. Com tantos goleiros de qualidade no Brasil, você me coloca em uma situação complicada [risos]. A escola brasileira está bem servida e em um nível muito alto. Eu acho muito difícil dar três nomes assim, é um nível muito alto", respondeu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Blogs - Mauro Beting
Copa do Mundo 2018
EFE
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
UOL Esporte
UOL Esporte
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blogs - Mauro Beting
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte vê TV
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blog do Perrone
UOL Esporte - Futebol
Blogs - Mauro Beting
Copa do Mundo 2018
Blog de Esportes
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Topo