Topo

Figurinhas da Copa


Fantástica fábrica de... figurinha! Panini mostra como álbum vira realidade

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

2018-03-12T20:30:40

12/03/2018 20h30

A Panini, editora responsável pelo tradicional álbum de figurinhas da Copa do Mundo, abriu as portas de sua fábrica em Barueri, na Grande São Paulo, para o lançamento da edição de 2018 do livro ilustrado. O evento foi restrito a jornalistas convidados e contou com uma transmissão ao vivo nas redes sociais, com a presença do ídolo brasileiro Cafu. Logo após a solenidade, os profissionais de imprensa foram convidados a conhecer a fábrica em visita guiada pelo presidente da Panini, José Eduardo Severo Martins. 

Martins mostrou toda a linha de produção das figurinhas que vão completar seu álbum nos próximos meses. A fábrica de Barueri recebe um papel adesivo especial, que passa pelo grafismo para impressão das fotos que vão ser os cromos, e depois vai às máquinas: há uma que corta grandes folhas de figurinhas iguais, outra que as mistura para que seus pacotinhos não venham com repetidas e mais uma que divide de cinco em cinco para sem coladas dentro dos pacotes que vão às bancas. Apesar de tanto maquinário, o processo termina em mãos humanas: são funcionários do último setor que dividem os pacotinhos e embalam para enviar às bancas de revista e outros pontos de venda.

Por dia, entre três e cinco caminhões deixam a fábrica de Barueri carregando 8 milhões de pacotes de figurinhas, já que a fábrica distribui no Brasil e em toda a América Latina. Cada álbum tem 682 espaços para completar.