Copa 2018

Marcelo revela desejo de virar meia e elogia Tite: 'a gente corre por ele'

Pedro Martins / MoWA Press
Imagem: Pedro Martins / MoWA Press

Do UOL, em São Paulo

19/03/2018 12h55

Marcelo é titular da lateral-esquerda da seleção brasileira. O mesmo acontece no Real Madrid. Absoluto no setor, o jogador de 29 anos revela desejo de atuar como meia. O plano de se deslocar até o meio-campo é para quando “estiver mais velho”, diz.

“De meia eu vou jogar. Se um time me quiser [quando for mais velho], vou jogar. Tenho esse pensamento”, disse Marcelo ao “Desimpedidos”.

“Eu já joguei nessa função. Deu pouco certo, mas eu corri. Tinha a noção de lateral com meia, aí dá para fazer. Mas jogar de meia mesmo, de costas, acho que é impossível”, complementou.

Na seleção, Marcelo é um dos mais experientes do grupo. O lateral ressalta que a liderança sobre os demais do elenco aconteceu naturalmente e atribui o bom ambiente na seleção ao técnico Tite.

Sobre o treinador da seleção, Marcelo disse ter surpreendido com a forma como Tite o procurou.

“Ele [Tite] foi bem sincero no que ele queria. Ele foi muito franco com todo mundo. Ele me ligou. Nenhum técnico da seleção ou de clube já tinha me ligado. Falei: ‘cara, o treinador da seleção está me ligando. Vou correr demais por esse cara’”, comentou Marcelo.

“Ele deixou bem claro que não tem só um jogador diferente na seleção, que todos são protagonistas, importantes na vitória. A gente corre por ele”, reforçou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo