Topo

Copa 2018


Após quase três anos de Del Nero recluso, Caboclo vai viajar com a seleção

Xinhua/Rahel Patrasso
Del Nero quando ainda comandava a CBF e podia viajar; Caboclo quer "nova era" Imagem: Xinhua/Rahel Patrasso

Danilo Lavieri, Dassler Marques e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Moscou e no Rio de Janeiro

2018-03-20T04:00:00

20/03/2018 04h00

Ao menos por enquanto, Rogério Caboclo ainda não é presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). A nomenclatura, no entanto, é apenas questão de tempo. Ele irá para a Europa para acompanhar os amistosos da seleção contra a Rússia e Alemanha e, com isso, inaugura uma nova era na confederação. É a primeira vez desde 2015 que o nome mais forte da entidade pode viajar para o exterior com a delegação. A última vez que isso aconteceu foi em 2015, quando Marco Polo Del Nero e José Maria Marin foram em reunião da Fifa, representando a CBF, em Zurique. Na ocasião, o FBI deflagrou a operação que acabaria por derrubar cartola por todo o mundo e Marin foi um dos presos.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Mais Copa 2018