Copa 2018

Sem festa pela 1ª vez, Nike faz lançamento às pressas e esvaziado para Copa

Bruno Doro e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em São Paulo e no Rio de Janeiro

21/03/2018 04h00Atualizada em 21/03/2018 13h33

A seleção brasileira já tem sua camisa para a Copa do Mundo. Os tradicionais uniformes que serão utilizados no Mundial vestirão os jogadores nos amistosos contra Rússia (azul, reserva) e Alemanha (amarela, titular), nos próximos dias. Pela primeira vez na história da relação CBF-Nike, no entanto, as vestimentas entrarão em campo sem um evento oficial de lançamento prévio.

O primeiro anúncio ocorreu na tarde da última terça-feira (20), por meio do Instagram do lateral Daniel Alves. A ação foi discreta e sem grandes explicações ou detalhes. Mostrava apenas uma roda de samba com os zagueiros Marquinhos e Thiago Silva, ambos do PSG. Tudo gravado no hotel que serve como concentração para a seleção em Moscou. Na manhã desta quarta, a CBF divulgou em seu site as primeiras fotos da camisa com Neymar, Marquinhos e Philippe Coutinho como modelos.

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Não há nenhuma ação pública programada até a próxima sexta-feira (23), dia da estreia da camisa, no jogo contra a Rússia, às 13h (Brasília) ,na capital do país-sede da Copa. É a primeira vez na história que a camisa “vai para a rua” sem um evento oficial de lançamento.

Antes das copas de 1998, 2002, 2006, 2010 e 2014, grandes festas divulgavam a camisa. Para a Copa no Brasil, a camisa foi lançada ainda em 2013. Nos outros anos, a divulgação ocorria geralmente no mês de fevereiro.

A Nike enviou à imprensa o comunicado oficial sobre o lançamento depois da CBF. Mostrava imagens de toda a nova coleção de uniformes e confirmava um evento no próximo domingo (25), na Avenida Paulista, em São Paulo. A ação se chama "Dia da Brasileiragem" e será realizada entre 10h e 17h no marco da capital paulista. O ponto de encontro para as atividades será numa estrutura da Nike montada em frente ao Shopping Cidade São Paulo.

O lançamento às pressas nas redes sociais não gerou a repercussão esperada. Apesar dos mais de 18 milhões de seguidores de Daniel Alves, pouco foi comentado em redes sociais e mídia especializada sobre a esperada camisa da seleção para o torneio na Rússia.

Nos bastidores, a Nike se defende e diz que foi apenas o início da divulgação. Nos mesmos corredores, no entanto, a relação não tão boa com a CBF nos últimos anos é utilizada para explicar o atraso nos protocolos de lançamento e divulgação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Blog Patadas y gambetas
Copa do Mundo 2018
Blog do Rafael Reis
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Blogs - Mauro Beting
Copa do Mundo 2018
EFE
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
UOL Esporte
UOL Esporte
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blogs - Mauro Beting
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Topo