Copa 2018

"O time é mais do Messi do que meu", diz Sampaoli sobre seleção argentina

Oleg Nikishin/Epsilon/Getty Images
Lionel Messi em ação durante jogo da seleção argentina Imagem: Oleg Nikishin/Epsilon/Getty Images

Caio Carrieri

Colaboração para o UOL, em Manchester (ING)

22/03/2018 12h41

Na reta final da preparação para a Copa do Mundo da Rússia, a Argentina enfrenta a Itália em amistoso nesta sexta-feira, no Estádio Etihad, em Manchester, às 16h45 de Brasília. Na véspera do jogo, o técnico Jorge Sampaoli enalteceu o momento do capitão e astro Lionel Messi a ponto de ver mais influência do camisa 10 no rendimento da seleção do que qualquer estratégia ou plano de jogo estabelecido pela comissão técnica.

"Léo está em uma etapa de maturidade que todos conhecem, com muita reponsabilidade em relação ao que pode influenciar o restante da equipe", declarou Sampaoli em entrevista no palco do confronto com os italianos. "Embora tenha chegado com uma fadiga, treinou de maneira magnífica e, se ele está bem, o time será dele", avaliou o ex-comandante do Sevilla-ESP e cotado diversas vezes por clubes brasileiros.

"O reflexo da equipe da Argentina é o que ele pode transmitir no caminho que temos de seguir. É muito mais a equipe dele do que minha, por tudo o que ele faz dentro de campo como melhor de todos. Cada vez ele joga melhor. O privilégio de ter o melhor do mundo em campo me faz pensar muito mais no que fazer no ataque do que na defesa", complementou o treinador.

Sorteada no Grupo D do Mundial, a Alviceleste terá Islândia, Croácia e Nigéria como adversários na primeira fase. Pela avaliação de Sampaoli, o seu grupo de atletas pode ser incluído entre os favoritos a erguer a taça em Moscou.

"Sofri muitas Copas vendo a Argentina quando não éramos considerados entre os melhores. Agora que temem a Argentina, os jogadores têm de lidar com as críticas não pela derrota, mas de serem tachados de perdedores", disse em alusão ao vice em 2014. "Pelo nosso comportamento típico, somos favoritos por causa do emblema, da bandeira, dos jogadores. Nós somos assim, mas creio que somos candidatos ao título, não podemos negar a nossa essência".

Depois de enfrentar a Azzurra na Inglaterra, os argentinos jogarão com a Espanha, em Madri, no próximo dia 27. A Itália, por sua vez, não se classificou para o Mundial pela primeira vez após 60 anos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo