Copa 2018

Blogueiros: Dani Alves (e o reserva) preocupa e Douglas Costa razoável

Do UOL, em São Paulo

24/03/2018 04h00

A vitória por 3 a 0 no amistoso contra a Rússia, nesta sexta-feira (23), serviu para o técnico Tite fazer mais algumas observações da equipe que se prepara para a disputa da Copa do Mundo de 2018. Entre elas, a nova função exercida por Philippe Coutinho e o desempenho de Douglas Costa, que ganhou chance de iniciar a partida como titular. Os dois deram conta do recado? Nós acionamos os blogueiros do UOL Esporte para saber o que eles acharam destas duas novidades e também aproveitamos para questioná-los sobre algo que certamente preocupou alguns brasileiros no jogo desta sexta: a atuação de Daniel Alves, que não passa por boa fase e mais uma vez atuou mal. Confira:

A má fase de Daniel Alves assusta?

ALEXANDRE PRAETZEL

Daniel Alves não tem a mesma vitalidade de antes. Está em queda técnica porque o tempo passa para todo o mundo. Se ele se soltar no apoio, é preciso ter uma retaguarda e cobertura eficientes. Ele nunca foi um marcador brilhante. Para jogar com ele, que haja uma recomposição defensiva rápida. Danilo pode fazer sombra.

ANDRÉ ROCHA

O que preocupa é a sua inconsistência no trabalho defensivo. Requer concentração e isto não é o forte do lateral do PSG. Em uma Copa do Mundo, a tendência é ele ficar mais atento e buscar superação. É vencedor, gosta de jogo grande. Mas, de fato, está longe do melhor momento. O grande problema é a falta de reposição confiável.

JUCA KFOURI

Assusta e muito porque não tem substituto à altura.

JULIO GOMES

Um pouco. Daniel nunca foi um exímio defensor e não tem sombra. Mas é um jogador experiente e de qualidade comprovada. Tomou a decisão errada de ir ao PSG, deveria estar jogando no City de Guardiola. Mas acredito que irá se recuperar no Mundial.

MARCEL RIZZO

É um jogador experiente, que na Copa do Mundo será importante também fora de campo. Tite, talvez, deva rever o reserva para a lateral direita, já que Fagner também não vive uma grande fase. Se for preciso trocar Dani durante o Mundial...

MENON

Sim, preocupa. Não está indo bem no PSG, aliás, foi uma escolha ruim. Deixou a possibilidade do Manchester City para fazer parte da entourage de Neymar. Daniel é um jogador de personalidade, gosta de grandes partidas e pode se recuperar. É bom mesmo, porque Fagner não é uma opção confiável.

RICARDO PERRONE

A má fase não assusta. O que assusta é a possibilidade de Tite não tirar Daniel Alves do time titular mesmo se ele não se recuperar.

Pavel Golovkin/AP
Imagem: Pavel Golovkin/AP

O que acharam da nova posição do Coutinho?

ALEXANDRE PRAETZEL

Coutinho tem qualidade com a bola para tabelar, dar assistências e finalizar. Quanto mais próximo da área, melhor. Talvez não seja forte no drible, mas compensa com a capacidade técnica e eficiência no chute. Já fez gols muito bonitos, próximo a grande área.

ANDRÉ ROCHA

Não é exatamente nova, já atuou assim em outras oportunidades com Tite. A questão é que ele rende mais quando se movimenta entre a defesa e o meio-campo adversários partindo da ponta esquerda. Por dentro a dinâmica é outra. Há momentos para buscar a bola e infiltrar. Só que como Casemiro contribui pouco na construção das jogadas e Paulinho é volante de infiltração e não passe, Coutinho precisa voltar muito para articular. Questão de adaptação, só que o tempo é um adversário cada vez mais complicado.

JUCA KFOURI

No primeiro tempo rendeu pouco, no segundo melhorou. 

JULIO GOMES

Gosto, mas é uma opção que deixa o time mais vulnerável defensivamente. Com Neymar e a troca de posições entre os dois, ficará ainda mais interessante no ataque. Mas o sistema anterior é mais sólido.

MARCEL RIZZO

É um jogador versátil, que pode atuar em todas as funções ofensivas. Coutinho nessa função faz com que Tite não tenha que convocar um meia, e possa dar essa vaga para outro atacante, com características diferentes de Jesus e Firmino.

MENON

Gostei muito do Coutinho pelo meio. Pelo seu rendimento e principalmente por abrir espaço para Willian na direita. Willian está jogando muito bem no Chelsea e pede passagem na seleção. Coutinho mostrou que pode ir muito bem na nova posição, fez boa parceria com Paulinho e também se deslocou para os lados.

RICARDO PERRONE

No primeiro tempo, Coutinho ficou muito tempo longe da área e não rendeu o que se espera dele. Na etapa final, porém, ele avançou e foi um dos principais responsáveis pela melhora da seleção brasileira. Provou que pode ser útil tanto pelo lado como pelo meio. Desde que se aproxime constantemente da área.

Sandra Kelch/Divulgação
Imagem: Sandra Kelch/Divulgação

Como foi Douglas Costa no lugar de Neymar?

ALEXANDRE PRAETZEL

Douglas Costa voltou a jogar bem, quando chegou à Juventus. No Bayern de Munique, não foi tão consistente quanto no Shakhtar Donetsk da Ucrânia. Pode ser um bom substituto, mas não é solução. Acho que falta mais intensidade e tentativa de drible, explorando sua qualidade técnica.

ANDRÉ ROCHA

Douglas Costa não é Neymar. E no seu melhor momento, atuando pelo Bayern de Guardiola, as jogadas eram trabalhadas para que uma inversão de bola encontrasse o ponta contra apenas um adversário para driblar buscando o fundo e cruzar ou finalizar. Sem essa coordenação e com mais jogadores do oponente pela frente ele não desequilibra tanto. Não é jogador para ser titular. Cabe a Tite controlar o temperamento de Neymar para contar com ele em todos os jogos do Brasil no Mundial.

JUCA KFOURI

Foi muito bem, principalmente quando mais acionado, no segundo tempo.

JULIO GOMES

Douglas Costa não me convence. Não consigo ver nele um jogador bom o suficiente para mudar o destino de um jogo. Não está nem perto do nível de Neymar e nem mesmo de Coutinho e Willian.

MARCEL RIZZO

É o reserva ideal para Neymar, pela qualidade que tem. Mas pode atuar com Neymar em um caso de emergência na Copa (jogo em desvantagem, por exemplo). Arma ofensiva que não pode ficar fora da lista final.

MENON

Douglas Costa não teve ousadia no primeiro tempo, quando a Rússia jogou muito fechada. No segundo tempo, fez boas jogadas individuais. Trabalhou bem na recomposição, ajudando Marcelo na marcação. Não se pode comparar com Neymar, evidentemente, mas cumpriu bem sem papel.

RICARDO PERRONE

A comparação com Neymar é dura para qualquer jogador. Contra a Rússia, Douglas Costa teve uma atuação razoável. Pode melhorar.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo