Copa 2018

Titular no 7 a 1, Fernandinho deve ter chance de Tite para pegar Alemanha

Jefferson Bernardes/VIPCOMM
08. jul. 2014 - Fernandinho vai parar no fundo da rede depois do Brasil sofrer gol da Alemanha no Mineirão Imagem: Jefferson Bernardes/VIPCOMM

Danilo Lavieri, Dassler Marques e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Berlim (Alemanha) e Rio de Janeiro

25/03/2018 04h00

Titular no inesquecível 7 a 1 em 2014, na semifinal da Copa do Mundo, no Mineirão, Fernandinho deve receber a chance de Tite para reencontrar a Alemanha. Reserva na seleção brasileira, o volante provavelmente será testado no lugar de Renato Augusto no jogo das 15h45 (de Brasília) desta terça-feira, no Estádio Olímpico, em Berlim.

Renato já foi reserva na vitória contra a Rússia, por 3 a 0, na última sexta-feira, e deve continuar no banco. Ele disputou apenas três jogos na sua equipe nesta temporada e só receberá chance com a bola rolando. Em entrevista ao UOL Esporte ainda antes da convocação para os amistosos, o comandante já havia sinalizado com essa possibilidade.

"Está associada a convocação à projeção da Copa. Em outros momentos estava mais solta. Associada à consolidação de uma grande parte de um grupo e uma margem para uma variação tática. Eu repito para iniciar ou com Coutinho por dentro e William pelo lado ou com Fernandinho por dentro e Coutinho por lado. Uma composição para consolidar", afirmou à época.

No 7 a 1, Fernandinho jogou os 45 primeiros minutos e foi substituído por Felipão no intervalo. Apontado por parte da torcida como um dos principais vilões da vexatória derrota, ele teve falha marcante no quarto gol dos alemães e deixou o campo ao lado de Hulk para as entradas de Paulinho e Ramires.

De lá para cá, o volante tem conseguido se estabilizar e voltou a ter prestígio no futebol europeu. No Manchester City, ele é um dos atletas mais elogiados por Pep Guardiola e tem tido cada vez mais liberdade de chegar ao ataque. 

"A gente treinou visando a Rússia, agora vamos visar a Alemanha. Todos devem estar prontos, se ele optar por mudar a equipe. Se optar por mim, estarei pronto para jogar. (Vou jogar) Da mesma forma como venho fazendo no City e nos últimos jogos aqui entrei dessa forma. Acredito que não vá mudar muita coisa, não", explicou. 

Caso seja confirmada a sua entrada, ele formará o meio-campo ao lado de Casemiro, Paulinho, Philippe Coutinho e Willian. Douglas Costa, que foi escolhido como substituto de Neymar no amistoso da Rússia, voltará para o banco. 

Além da troca do meio para frente, há a expectativa sobre a formação da zaga. Thiago Silva foi titular no lugar de Marquinhos no último amistoso e pode ter sua vaga mantida. Como seu companheiro de PSG sofreu com lesão e atuou pouco nos últimos meses, há a chance dele assistir ao reencontro com os alemães do banco de reservas.

Thiago estava convocado para a Copa de 2014, mas não pôde atuar contra a Alemanha por estar suspenso, assim como Neymar, que também não jogou, mas por conta de uma lesão. Nesta terça, no entanto, o atacante segue fora, pois se recupera de cirurgia no pé.

Depois da vitória contra a Rússia, Tite evitou falar da estratégia para encontrar a Alemanha, mas admitiu que o jogo terá um peso emocional bastante importante.

No sábado, a seleção desembarcou em Berlim e treinou apenas com seus reservas. No domingo e na segunda, Tite poderá ensaiar sua formação titular. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo