Copa 2018

Götze e Schürrle decidiram Copa com dobradinha. Hoje, podem nem ir à Rússia

Matthias Hangst/Getty Images
Götze e Schürrle comemoram gol do título: distantes da Rússia Imagem: Matthias Hangst/Getty Images

Danilo Lavieri e Dassler Marques

Do UOL, em Berlim (Alemanha)

27/03/2018 04h00

Um passe de Schürrle pela esquerda e uma finalização de Mario Götze fizeram a Alemanha campeã mundial. Quase quatro anos depois, no reencontro que antecede a convocação dos dois países para a Copa, fica claro um conceito de trabalho que Joachim Löw quase sempre coloca em prática. A fila anda rápido na seleção germânica, que já não tem os heróis do gol decisivo como opções e passou por outro processo de renovação. 

No amistoso desta terça-feira (27) entre Alemanha e Brasil no Estádio Olímpico, em Berlin, o treinador alemão colocará em campo uma equipe que passa longe de ser inteiramente reserva. Nesse momento, a discussão no país no percurso para a Copa do Mundo é até que ponto vale manter alguns campeões envelhecidos ou abrir espaço para alguns desses novatos que enfrentam o Brasil.

O torneio que inspira essa discussão na Alemanha também aconteceu na Rússia. No ano passado, uma equipe mais jovem foi levada por Löw à Copa das Confederações e venceu quatro jogos, empatou só um e foi campeã. Dali, se consolidaram nomes como o goleiro Ter Stegen, o lateral Kimmich, os zagueiros Rüdiger e Ginter, os meio-campistas Rudy e Goretzka e os atacantes Werner e Stindl. Exceto pelo arqueiro, todos concorrem a um posto no amistoso dessa terça.

Esse conceito da renovação constante também abrange mais dois destaques que Löw colocará em campo contra o Brasil. O meio-campista Gündogan e o atacante Sané, dirigidos por Pep Guardiola no Manchester City, perderam a Copa das Confederações por lesão, mas têm tudo para serem novidades de 2014 para 2018.

Em 2010, Alemanha se renovou de modo parecido

Michael Probst/AP
Goretzka é uma das novas sensações do futebol alemão e irá pegar o Brasil Imagem: Michael Probst/AP

Em seu primeiro Mundial, Löw também promoveu uma pequena revolução no elenco um ano antes da viagem para a África do Sul. Campeã europeia sub-21, a Alemanha mais jovem forneceu talentos como Neuer, Boateng, Höwedes, Hummels, Khedira e Özil, que teriam destaque em seu Mundial de estreia e se transformariam em pilares do time campeão em 2014. Foi uma transformação grande de nomes em relação ao time vice-campeão da Euro 2008. 

Hoje, com 12 anos no cargo, Löw acredita que na medida em que o tempo avança novas gerações mostram mais qualidade. “Tivemos [no passado] nossa parte mental forte, mas tivemos que desenvolver o nosso futebol, porque o futebol se movimentou para outro lado e tivemos de nos adaptar. Agora, a Alemanha também pode falar que tem criatividade, filosofia e parte ofensiva”, citou. 

Enquanto isso, quem não conseguiu se manter no grupo perde espaço. Schürrle tentou a sorte em outra liga, mas não brilhou pelo Chelsea e sofre para recuperar destaque no futebol alemão. Pelo Borussia Dortmund, reencontrou justamente Götze, que teve passagem frustrada pelo Bayern, problemas metabólicos e psicológicos e saiu do radar de Löw.

No mês passado, diante do Hamburgo, o que parecia um registro guardado no tempo se repetiu após quatro anos: Schürrle arrancou pela esquerda e colocou um passe em profundidade para Götze marcar um gol novamente. Quase quatro anos desde a combinação que valeu o título mundial já representam muito pouco. A fila andou para eles e outros campeões. 

FICHA TÉCNICA

ALEMANHA x BRASIL

Data: 27 de março de 2018, terça-feira
Horário: 15h45 (de Brasília) e 20h45 (de Berlim)
Competição: Amistoso
Local: Estádio Olímpico, em Berlim (Alemanha)
Árbitro: Jonas Eriksson (Suécia)
Assistentes: Mathias Klasenius e Daniel Wärnmark (Suécia)

ALEMANHA: Leno; Rüdiger, Boateng e Ginter; Kimmich, Rudy, Gündogan e Plattenhardt; Goretzka e Sané; Werner. Treinador: Joachim Low. 

BRASIL: Alisson; Dani Alves, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro; Willian, Paulinho, Fernandinho e Coutinho; Gabriel Jesus. Treinador: Tite.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo