Topo

Copa 2018


Jogador palestino baleado em protesto pede que Messi boicote jogo em Israel

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

31/05/2018 17h52

Baleado durante uma manifestação de civis palestinos contra a política de ocupação de terras de Israel na Faixa de Gaza, o jogador Muhammad Khalil Obeid divulgou um vídeo esta semana para pedir que o craque Lionel Messi boicote o amistoso que a seleção argentina tem programado contra os israelenses, em 9 de junho.

Confira a tabela completa e o calendário de jogos
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
DOC: a Rússia Gay que não pode sair do armário

Obeid teve os dois joelhos baleados no momento que fazia um vídeo com celular para registrar a marcha de protesto, em 30 de março. O jogador de 23 anos, que defendia a equipe local do Al-Salah, teve que abandonar o futebol em razão da gravidade dos ferimentos – o atleta teve partes dos dois joelhos removidas em intervenções cirúrgicas.

"Eu peço à seleção argentina, especialmente ao capitão Lionel Messi, porque ele é muito popular na Palestina, na Faixa de Gaza, a ficar junto com os palestinos e boicotar o amistoso contra Israel, que está ocupando nosso território", declarou o jogador em vídeo.

Além do futebol, Muhammad Khalil Obeid praticava outros esportes e já havia vencido a Maratona da Faixa de Gaza, em 2017.

A Argentina enfrenta Israel em 9 de junho na cidade de Jerusalém, em partida de preparação para a Copa do Mundo da Rússia. Todos os 20 mil ingressos para o amistoso foram vendidos em prazo recorde. 

Mais Copa 2018