Copa 2018

Técnico diz que pediu para goleiro da Tunísia fingir lesão em amistosos

Fabrice Coffrini/AFP
Mouez Hassen (foto) negou ter fingido uma lesão; técnico tunisiano afirmou que a "paradinha" fez parte da estratégia Imagem: Fabrice Coffrini/AFP

Do UOL, em São Paulo (SP)

05/06/2018 13h58

Dificilmente, algum jogador admitiria ter fingido uma lesão. No entanto, nesta terça-feira, Nabil Maaloul, técnico da seleção da Tunísia, confessou que pediu para o goleiro Mouez Hassen cair no gramado. Tudo fruto de uma estratégia para amenizar os efeitos do Ramadã, o tradicional jejum islâmico, nos companheiros durante os amistosos disputados na semana passada (Portugal e Turquia).

Confira a tabela completa e o calendário de jogos
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
DOC: a Rússia Gay que não pode sair do armário

De acordo com Maaloul, os atletas começaram a sentir um cansaço demasiado durante as partidas, já que os muçulmanos não se alimentam durante o dia neste período sagrado. O técnico admitiu a “tática” em entrevista concedida para a emissora britânica BBC.

“Realmente foi uma estratégia, pois temos muitos jogadores em jejum”, afirmou o treinador do time tunisiano.

“Não conseguimos fazer isso tão bem no primeiro jogo [Portugal], porque Mouez [Hassen] não entendeu muito bem quando pedi para ele cair, permitindo aos jogadores dar um tempo. Falei para Yassine Meriah, mas ele não enviou a mensagem. Para o segundo jogo foi mais fácil, pois falamos com antecedência”, acrescentou.

Durante as paradas contra portugueses e turcos, jogadores da Tunísia se aproximaram do banco de reservas para se alimentar – ambos os jogos já eram disputados no período noturno.

Envolvido na polêmica, Mouez Hassen negou ter fingido a lesão na partida contra Portugal. “Estava machucado, irmão”, respondeu o jogador tunisiano ao companheiro de profissão Chaker Alhadhur, que ironizou no Twitter as lesões do goleiro nos amistosos.

Com novas lesões fingidas (ou não), a Tunísia tem mais um compromisso antes da Copa do Mundo. No sábado, a partir das 15h45 (de Brasília), a equipe africana enfrenta a Espanha.

No Mundial, os tunisianos acabaram sorteados para o grupo G ao lado de Inglaterra, Bélgica e Panamá. A estreia será contra os ingleses, em 18 de junho, na cidade de Volgorado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo