Copa 2018

Por que Tite fecha cada vez mais treinos? Não é só para esconder o time

Pedro Martins/MoWA Press
Tite dá instruções durante treino da seleção no CT do Tottenham Imagem: Pedro Martins/MoWA Press

Danilo Lavieri, Dassler Marques, Pedro Ivo Almeida e Ricardo Perrone

Do UOL, em Londres (Inglaterra)

07/06/2018 04h00

Às vésperas da Copa do Mundo, Tite mudou o seu perfil e começou a adotar cada vez mais os treinos fechados na seleção brasileira. Com raras exceções, os jornalistas podem acompanhar apenas 20 minutos de bola rolando e, em seguida, precisam se retirar. Mas, afinal, o que o comandante quer esconder?

Confira a tabela completa e o calendário de jogos
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
DOC: a Rússia Gay que não pode sair do armário

A principal preocupação do técnico não é simplesmente fazer mistério com o time titular. Na semana passada, por exemplo, ele fez questão de deixar claro quais eram os 11 que entrariam em campo contra a Croácia, no penúltimo amistoso antes da Copa.

O que ele quer evitar é que situações normais de dia a dia de treinamento virem polêmicas e sejam repetidas à exaustão. Não só em programas de mesa redonda, mas também por torcedores em redes sociais.

Uma jogada mais ríspida, por exemplo, faz parte da rotina dos boleiros. Como mostrou o UOL Esporte, um pisão de Fernandinho em Neymar deixou toda a seleção em alerta. Como o trabalho era fechado, ninguém viu.

Caso as câmeras estivessem nas arquibancadas, na opinião da comissão técnica, as cenas dominariam todo o noticiário da seleção e ecoariam mais do que uma própria vitória do time no amistoso. Um xingamento em alguma jogada errada também é algo rotineiro no dia a dia de um time de futebol, assim como alguma discussão entre atletas por posicionamento e correção de movimentos táticos.

O receio da comissão é que a repetição em excesso na imprensa transforme isso em um problema a mais para ser administrado internamente no vestiário. Controlar o ego em um ambiente em que todos querem ter destaque é um dos grandes desafios de Tite.

Ainda assim, a decisão da comissão tem incomodado alguns veículos de imprensa, especialmente os de televisão, que precisam de imagens para justificar a cobertura in loco. Não à toa, a Globo fez matéria no Esporte Espetacular do último domingo dando destaque aos jornalistas sendo retirados do campo de treinamento nessa fase de preparação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo