Copa 2018

Diego Souza admite que brigou por Copa, mas sem expectativa: "Sou realista"

Pedro Martins/MoWA Press
Imagem: Pedro Martins/MoWA Press

Do UOL, em São Paulo

08/06/2018 23h04

Quando Diego Souza trocou o Sport pelo São Paulo, estava claro que uma de suas intenções era se aproximar dos olhares de Tite, técnico que chegou a levá-lo para disputar amistosos com a seleção brasileira. No entanto, o jogador afirma que não criou expectativa para a Copa do Mundo, para a qual não foi convocado.

Confira a tabela completa e o calendário de jogos
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
DOC: a Rússia Gay que não pode sair do armário

"Eu não criei expectativa para ser convocado para a Copa. Eu sou um cara realista, vivi momentos maravilhosos ali dentro. Uma coisa que eu tinha como frustração na minha carreira era não ter participado mais vezes desses momentos de convocação de seleção, de pré-Copa do Mundo. Eu, com 32 anos, fui muito feliz de participar desse ciclo, foi maravilhoso", disse em entrevista a André Henning, do Esporte Interativo.

Foi justamente com o aval de Tite que o atleta passou a ser improvisado como camisa 9, algo que também ocorreu no Sport e no São Paulo. Há quem diga que Diego deveria atuar apenas em sua posição de origem no meio-campo, mas, neste momento, é o artilheiro do Tricolor no Campeonato Brasileiro com quatro gols.

"Eu realmente estava brigando por uma vaga. Eu pensava que era um jogador com um porte físico avantajado, vinha bem, os jogos que fiz na seleção foram bons, no dia a dia de trabalho eu fui bem. Eu vim para o São Paulo pela tradição, pelo desafio”, contou Diego Souza, que explicou o raciocínio que teve nos meses em que brigou por uma vaga na lista de Tite.

“No meu pensamento era o seguinte: começando bem, eu conseguiria. O Neymar não precisa de um reserva, e o William faz todas as funções. Tinha uma vaga liberada, e era o natural. Tinha o Firmino, o Gabriel Jesus, e eu imaginava que poderia ser esse nove mais fixo, um jogador mais de referência, caso o Tite precisasse em um jogo mais apertado”, detalhou.

Apesar de não ter sido convocado, o atleta é titular do São Paulo com o técnico uruguaio Diego Aguirre. Neste sábado, às 16 horas (de Brasília), deve ser titular na partida contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada, pela 11ª rodada do Brasileiro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo