Argentina

Messi diz que título da Copa do Mundo é desafio e 'sonho de infância'

Agustin Marcarian/Reuters
Lionel Messi comemora gol contra o Haiti Imagem: Agustin Marcarian/Reuters

Do UOL, em São Paulo

13/06/2018 09h49

Aos 30 anos, Messi dá passos largos para estar cada vez mais próximo dos melhores jogadores de todos os tempos. Mas uma sina ainda marca a carreira do argentino: ele nunca ganhou o título mais sonhado da carreira de um jogador de futebol: da Copa do Mundo. Na Rússia, a partir do próximo sábado, Messi terá a quarta oportunidade da carreira. Da última vez, no Brasil, em 2014, falhou no jogo final.

Confira a tabela completa e o calendário de jogos
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
DOC: a Rússia Gay que não pode sair do armário

"Nosso desafio é sermos campeões", disse o argentino, em entrevista publicada nesta quarta-feira pelo jornal inglês Express. "Para a Argentina, a Copa do Mundo é especial, é um grande sonho poder conquistar a Copa de novo. Para mim, seria a realização de um sonho de infância, então você pode ter certeza que eu vou dar tudo que puder", completou o jogador do Barcelona.

Depois do vice-campeonato no Brasil, a Argentina sofreu para se classificar à Copa do Mundo na Rússia. A ponto de chegar à última rodada ainda correndo riscos reais de não ir ao Mundial. Messi acha que essa dificuldade apresentada nos últimos meses não impede o time de Jorge Sampaoli de brigar por um título que sua geração de argentinos não viu nem ao menos pela televisão - o último título foi conquistado em 1986.

"É verdade que a fase de classificação foi complicada para nós, porque levamos muito tempo para conseguir a vaga. Mas o importante é que estamos aqui na Copa do Mundo e vamos dar tudo para conseguirmos o máximo que pudermos", destacou o craque.

Na entrevista ao jornal britânico, Messi falou sobre cada um dos adversários da Argentina no Grupo D. A estreia é sábado, contra a Islândia. "Será importante começarmos fortes. A Islândia foi bem em sua última competição (a Euro) então a primeira partida não será confortável. Mas esses são os jogos que você precisa ganhar se você não quiser que os próximos jogos sejam ainda mais complicados", avaliou.

A respeito da Croácia, disse: "É um grande time, com jogadores nas grandes ligas europeias, o que os torna perigosos'. Já a respeito da Nigéria, admitiu que não sabe muito a respeito do rival. "Mas os times africanos normalmente são compactos, resistentes e fortes. Portanto, não será um passeio tranquilo", apostou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Argentina

Topo