Espanha

"Não podemos mudar nada em apenas dois dias", diz novo técnico da Espanha

Pierre-Philippe Marcou/AFP
Fernando Hierro em entrevista coletiva após assumir a seleção da Espanha Imagem: Pierre-Philippe Marcou/AFP

Do UOL, em São Paulo

13/06/2018 12h38

Logo após a demissão de Julen Lopetegui, a Federação Espanhola elegeu o diretor esportivo Fernando Hierro como novo técnico da equipe a apenas dois dias de sua estreia na Copa do Mundo. Em sua primeira entrevista coletiva como efetivado nesta quarta-feira (13), o ex-zagueiro do Real Madrid disse que manterá o mesmo padrão do antigo treinador da Roja.

Brasil estreia às 15h deste domingo; veja a tabela
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
Super-heróis: Marcelo sofreu com 7 a 1 e ganhou peso

"São dois anos de trabalho, uma grande parte do trabalho ainda está conosco, vimos vídeos do próximo jogo, temos que ser inteligentes, coerentes e daqui para o jogo contra Portugal não temos muita coisa para mudar. Estive presente em todos os treinamentos, no dia a dia estivemos presentes e não podemos mudar nada em dois dias ".

Apesar de todos os problemas que envolvem a saída de Lopetegui, dispensado após ter sido anunciado como técnico do Real Madrid para a próxima temporada, Hierro colocou a seleção acima e agradeceu ao técnico, com quem trabalhou junto nos últimos dois anos.

"Um belo desafio emocionante. As circunstâncias são o que são e eu aceitei a responsabilidade com coragem, pois não pode ser de outra forma, visto que temos um grupo de jogadores que trabalham para a Copa há dois anos. Eu entendo que o entusiasmo de todo o mundo, que é grande e eu não poderia desapontá-los. Minha máxima admiração e afeição por Julen pelo trabalho que fez nesses dois anos e eu desejo a ele tudo de melhor em sua nova vida", afirmou.

Ao explicar sua conversa com os jogadores, Hierro disse que o foco dos atletas está voltado novamente para o Mundial.

"Eu disse aos jogadores que eu posso olhar para todos nos olhos, estou muito calmo e isso não é justificativa para não lutar pelo que viemos fazer. A equipe está animada, temos uma grande oportunidade e o foco tem que estar no que viemos fazer, que é lutar por uma Copa do Mundo, que esses dois dias não servem de justificativa."

Mesmo sem dar muitos detalhes, o novo técnico da Espanha confirmou ter conversado com Lopetegui após sua saída repentina. "Com Lopetegui foi uma conversa de amigos. Nos conhecemos há muito tempo, eu estive com ele após a decisão, ele me ligou na hora de se despedir. Os jogadores estão animados como todos os espanhóis. Eles querem este desafio. Não temos tempo para lamentar, eles têm lutado por um tempo e eles têm que ser maduros ".

Presidente da Federação Espanhola, Luis Rubiales também participou da coletiva, e mostrou gratidão a Hierro. "Agradeço a Fernando por ter aceitado esse enorme desafio. Colocamos a seleção em suas mãos. Sempre dissemos que queríamos participar o menos possível. Teria que ser alguém que conheça os jogadores, que o receberão encantados, com os braços abertos e querem ajudá-lo em tudo." 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Espanha

Topo