Topo

Rússia

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Destaque da Rússia em goleada despista sobre interesse da Juventus

Xinhua/Liu Dawei
Clube italiano tenta contratar Aleksandr Golovin junto ao CSKA Moscou Imagem: Xinhua/Liu Dawei

Do UOL, em São Paulo

2018-06-14T17:01:12

14/06/2018 17h01

O meio-campista Aleksandr Golovin foi um dos destaques da Rússia na vitória desta quinta-feira por 5 a 0 sobre a Arábia Saudita, em jogo que abriu a Copa do Mundo de 2018. Coube ao camisa 17 marcar o último gol da partida, além de ser responsável por duas assistências.

Brasil estreia às 15h deste domingo; veja a tabela
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
Super-heróis: Marcelo sofreu com 7 a 1 e ganhou peso

O desempenho no estádio Luzhniki foi suficiente para gerar grande repercussão na imprensa italiana. Motivo: aos 22 anos, o jogador do CSKA Moscou está na mira do Juventus como reforço para a temporada 2018/2019.

O jornal La Gazzetta dello Sport chegou a noticiar o temor da Juventus a respeito de um possível aumento do preço pelo jogador, atualmente cotado em 25 milhões de euros (pouco menos de R$ 108 milhões). Na saída do estádio em Moscou, o próprio Golovin respondeu a respeito do interesse – e comemorou.

“Fico feliz que uma equipe tão forte pense em mim”, disse, segundo o jornal. “O Campeonato Italiano é um bom campeonato, e há muitos bons jogadores na Juve”, completou, dando destaque especial ao argentino Paulo Dybala.

Golovin, porém, despistou a respeito de uma transferência após a competição na Rússia. “São apenas rumores. Por enquanto, penso na seleção e na Copa do Mundo”, resumiu o meio-campista.

O jornal anuncia que “há um acordo” entre o jogador e a Juventus. No entanto, o diretor-executivo do clube italiano, Beppe Marotta, ainda tenta convencer o CSKA a negociar o atleta.

Mais Rússia