Topo

Espanha

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Para Del Bosque, saída de Lopetegui não afetará seleção espanhola

Da EFE, em Madri

2018-06-14T09:56:23

14/06/2018 09h56

Vicente Del Bosque, ex-técnico da Espanha e do Real Madrid, falou nesta quinta-feira, 14, sobre a demissão de Julen Lopetegui como técnico da seleção pouco antes do começo da Copa do Mundo da Rússia. Campeão do mundo com a equipe nacional em 2010, o treinador apostou que os jogadores espanhóis agirão com profissionalismo com Fernando Hierro, novo treinador da equipe.

Confira a tabela completa e o calendário de jogos
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
DOC: a Rússia Gay que não pode sair do armário

"Em teoria imagino que os jogadores terão afeto ao técnico anterior (Lopetegui), mas estarão à disposição, como não pode ser de outra forma, e jogarão com o maior profissionalismo em relação ao Mundial. Deve ser um fato fantástico para todos poder jogar uma Copa", opinou antes da entrega dos Prêmios 'Fundação Mapfre', que acontece nesta quinta-feira em Madri.

Perguntado se falou com alguém da federação sobre a saída de Lopetegui, respondeu: "Não, não falei com ninguém. Mas o que desejo (a Lopetegui) é o melhor para seu futuro. Teve dois anos fantásticos com a seleção, nos classificamos para esta fase final e fizemos jogos amistosos com grandes rivais de maneira magnífica. E também desejo o melhor a Fernando Hierro, que agora tem a responsabilidade. Com certeza vai fazê-lo bem", opinou o ex-treinador da seleção.

Del Bosque, que afirmou que em nenhum momento passou por sua cabeça que pudessem contar com ele devido à situação, não quis avaliar se a decisão é precipitada: "Não sei, eu não dou opiniões. Me baseio no que disse o presidente da Real Federação Espanhola de Futebol", declarou.

Mais Espanha