Copa 2018

Argentina vê Messi errar pênalti e tropeça em empate contra a Islândia

Do UOL, em São Paulo (SP)

16/06/2018 11h54

Uma estreia decepcionante para quem ocupou as ruas de Moscou desde o início da semana. Os torcedores da Argentina se destacaram fora do campo, mas a seleção do país decepcionou em seu primeiro desafio na Copa do Mundo. Em partida disputada na Otkrytiye Arena, na capital russa, a equipe comandada por Jorge Sampaoli ficou apenas no empate por 1 a 1 com a Islândia, em uma tarde completamente apagada de Lionel Messi, que voltou a conviver com o drama dos pênaltis.

Assista aos gols de Argentina 1 x 1 Islândia

O grande craque argentino teve nos pés a chance de dar a vitória nesta estreia na Rússia. No segundo tempo, assumiu a responsabilidade e partiu para bater o pênalti. No entanto, o camisa 10 falhou e, de quebra, consagrou o goleiro Halldorson, que defendeu a cobrança.

O empate ratifica uma atuação aquém da Argentina. Diante de uma Islândia compacta e bem postada defensivamente, o time bicampeão mundial pouco criou, insistindo muito pelo meio. Era Messi pegar na bola que, imediatamente, três islandeses se aproximavam e fechavam o espaço do craque. Faltou criatividade, intensidade e velocidade para o favorito do grupo D.

Passada a estreia na Rússia, a Argentina terá apenas quatro dias de preparação antes do decisivo duelo pela segunda rodada. Na quinta-feira (21), a partir das 15h (de Brasília), a equipe alviceleste encara a Croácia, em Nizhny Novgorod. A Islândia, por outro lado, joga um dia depois, às 12h, contra a Nigéria, em Volgorado.

Quem foi bem: Halldorson e um lance para a história

Finnbogarson entrou para a história ao anotar o primeiro gol da Islândia em Mundiais. Entretanto, o lance do jogo ocorreu na defesa. No primeiro jogo de Copa da história do país nórdico, Hallodorson parou um dos melhores jogadores de todos os tempos. O goleiro defendeu o pênalti cobrado por Messi e assegurou o empate.

Matthias Hangst/Getty Images
Goleiro islandês parou Messi e entrou para a história da seleção do país Imagem: Matthias Hangst/Getty Images

Quem foi mal: Messi e o velho drama dos pênaltis

As comparações serão inevitáveis após a primeira rodada. Enquanto Cristiano Ronaldo anotou três gols e carregou Portugal nas costas contra a Espanha, Lionel Messi viveu uma tarde apagada em Moscou. Muito marcado, o camisa 10 teve a chance de dar a vitória à Argentina, mas falhou. O craque parou no goleiro Halldorson, em cobrança de pênalti, e saiu frustrado na estreia daquela que pode ser sua última Copa do Mundo.

‘Maradona és más grande’

REUTERS/Carl Recine
Maradona sofreu em um camarote da arena; craque prestigiou os compatriotas neste sábado Imagem: REUTERS/Carl Recine

As comparações do grande camisa 10 argentino com Pelé ganharam tom na estreia da seleção alviceleste no Mundial, ainda mais quando o próprio Maradona apareceu no estádio em Moscou. Presença constante nos jogos da seleção, o ex-jogador esteve em um camarote e foi saudado pelo público assim que avistado. ‘Dios’, como é apelidado, usou uma camiseta com o emblema da Copa do Mundo de 1978, a primeira conquistada pelo país sul-americano.

Enfim, Agüero

Sergio Agüero é um dos principais atacantes do futebol europeu há alguns anos, mas jamais emplacou verdadeiramente com a camisa da Argentina. Tanto que, depois de duas Copas do Mundo disputadas, enfim, o camisa 19 balançou as redes pela primeira vez. Aos 19 min do primeiro tempo, o centroavante dominou chute cruzado de Tagliafico, girou sobre a marcação e arrematou firme de esquerda para abrir o placar em Moscou.

Argentina insiste demais pelo meio

Clive Rose/Getty Images
Messi foi perseguido pelos islandeses durante os 90min; marcação forte se mostrou eficiente Imagem: Clive Rose/Getty Images

Há Di María e Meza - e ainda Sálvio como praticamente um ponta. No entanto, a Argentina insistiu demais em centralizar o jogo somente em Lionel Messi. Escalado atrás de Agüero e, inclusive, livre de fazer o trabalho de recomposição, o craque do Barcelona recebeu marcação dupla durante todo o tempo e teve pouco espaço para criar. Faltou profundidade pelas pontas para abrir a defesa islandesa e aliviar minimamente o panorama para a sua principal referência em campo.

Islândia abdica da bola, mas leva perigo

Não era segredo que a Islândia iria primeiro se preocupar em neutralizar a Argentina. Com linhas próximas, a equipe estreante em Mundial limitou os espaços, dificultou Messi e ainda levou perigo, apesar dos pouco mais de 25% de posse de bola.

Só na “boa”, como diz um dos clássicos jargões do futebol, o time da pequena ilha europeia levou perigo diante de uma insegura defesa da equipe de Sampaoli. O empate, por exemplo, não demorou: aos 22 min, Finnbogarson aproveitou rebote para igualar o marcador. Se não fosse Caballero defender chute de G. Sigurdsson, a 'zebra' seria instalada ainda na etapa de abertura do jogo.

Mascherano faz história

Mesmo atuando na China e longe da melhor fase da carreira, Javier Mascherano fez história neste sábado. O volante ex-Barcelona chegou a 144 jogos com a camisa alviceleste, superou Javier Zanetti e se tornou o atleta com mais partidas pelo time bicampeão mundial.

FICHA TÉCNICA
ARGENTINA 1 x 1 ISLÂNDIA

Local: Arena Otkrytiye, em Moscou (Rússia)
Data: 16 de junho de 2018 (sábado)
Horário: 10h (de Brasília)
Árbitro: Szymon Marciniak (Polônia)
Assistentes: Pawel Sokolnicki e Tomasz Listkiewicz (ambos da Polônia)
Cartões Amarelos: Bjarnason (Islândia)

Gols:
ARGENTINA: Agüero, aos 19min do 1º tempo
ISLÂNDIA: Finnbogarson, aos 22min do 1º tempo

ARGENTINA: Caballero; Sálvio, Otamendi, Rojo e Tagliafico; Mascherano e Biglia (Banega); Meza (Higuaín), Messi e Di María (Pavón); Agüero.
Técnico: Jorge Sampaoli.

ISLÂNDIA: Halldorson; Saversson, R. Sigurdsson, Árnason e Magnússon; J. Gudmunsson e Bjarnason; G. Sigurdsson, Gunnarson (Skulason) e Hallfredsson; Finnbogarson.
Técnico: Heimir Hallgrimsson.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo